Pravda.ru

Notícias » Mundo


Fórum Económico Mundial: Limpar a sujeira de Bush

22.01.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Em vez de debater ideias novas, o Fórum Económico Mundial é forçado a dedicar todo o seu programa a compensar os ultrajes sistemáticos cometidos pelo regime de Bush.

A Parceria para a Prosperidade e Segurança, em Davos, Suiça, entre 21 e 25 de Janeiro, tem como sua agenda principal “Reconstrução no Iraque”, “Tensões Transatlânticas”, “Aquecimento Global” e “Gestão Corporativa”; todos eles não são temas para discussão mas antes, assuntos para debate de emergência dado o desequilíbrio na comunidade internacional causado pela incompetência do regime de Bush em Washington. O legado do primeiro mandato da presidência de George Bush sobre a comunidade internacional, quando comparado com os objectivos estabelecidos pela Cimeira do Milénio da ONU em 2000, é pobre e triste.

Enquanto George Bush vai seguindo as mensagens que ele recebe de Deus, perseguindo suas fantasmas quixotescas na sua campanha belicosa e beligerante nos quatro cantos do mundo, os objectivos do Milénio parecem cada vez mais difíceis de atingir até 2015, o alvo.

O relatório da Iniciativa de Governação Global do Fórum diz tudo. Dando os objectivos da Cimeira do Milénio um rating de um até dez, passados quatro anos, eis os resultados:

Paz e segurança: 3. Pobreza: 4. Fome: 3. Educação: 3. Saúde: 4. Ambiente: 3. Direitos Humanos: 3.

O Fórum Económico Mundial está a metade do seu percurso. Entre os presentes são o Secretário-geral da ONU, Kofi Annan, secretário-geral da OMC Supachai Panitchpakdi, presidente Pervez Musharraf (Paquistão), presidente Nestor Kirchner (Argentina), presidente Olusegun Obasanjo (Nigéria), John Ashcroft (procurador-geral dos EUA), ex-presidente dos EUA Clinton, e figuras empresariais como Bill Gates, Michael Dell, John Chambers (Cisco), Nandan Nilekani (Infosys), Philip Knight (Nike), Sir Martin Sorrell (WPP), Noguyuki Idei (Sony), entre 2 100 líderes do mundo de negócios e 20 ministros de comércio e economia.

É pena que este potencial humano não poderá ser utilizado para encontrar o próximo passo em frente, criando novos horizontes para os países desenvolvidos ajudarem os Países Menos Desenvolvidos a saírem da crise actual. Em vez disso, este imenso potencial humano é relegado a fazer a figura da senhora de limpeza – limpar a sujeira deixada por um penetra com comportamento atroz.

Timothy BANCROFT-HINCHEY PRAVDA.Ru

 
2451
Loading. Please wait...

Fotos popular