Pravda.ru

Notícias » Mundo


Oscar para Schwarzenegger

21.11.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Certamente uma brincadeira que Stallone fez com seu amigo e parceiro nos negócios, Arnie. Aparentemente, Schwarzenegger levou a brincadeira a sério.

O austríaco de nascimento, filho de um oficial do partido nazista e ex-Mister Universo, Arnold Schwarzenegger teve uma carreira de sucesso no cinema americano que o transformou no mais famoso ator do mundo baseado em seus músculos e filmes em que ele não deveria falar muito uma vez que sua voz não é como a de Sinatra. Suas fraca performance como ator, sua voz e seu sotaque acentuado, aparentemente não tiveram influência pois seus fãs se satisfazem vendo-o distribuir socos e quebrar pescoços. Além disso há um nome que muitas pessoas por todo o mundo são incapazes de pronunciar corretamente. Ao contrário de uma deprimente aposentadoria como ator, Schwarzenegger decidiu entrar no mundo da política. A despeito de ser casado com um membro da família Kennedy, se tornou republicano e seguindo os passos do também ator e também republicano Ronald Reagan, concorreu e venceu as eleições para o governo do estado da Califórnia.

Schwarzenegger provou ter algo mais que músculos e teve uma regular administração no governo da Califórnia, diferentemente de seu presidente o que fez sua popularidade alcançar mais de 60 por cento. Confrontou interesses conservadores apoiando o casamento homossexual e o aborto. Realizou um trabalho de Relações Públicas ao visitar Israel pedindo perdão pelos crimes dos nazistas. Esta viagem apenas comprovou o desejo de Schwarzenegger de alçar vôos mais altos.

Ele teve um papel de grande importância na reeleição de Bush. De fato, Bush deve agradecimentos a Schwarzenegger por estar no cargo por “mais quatro anos”. pois foi isto que ele pediu que o público repetisse na convenção republicana. No entanto, agora ele quer que Bush lhe retribua o favor apoiando a emenda constitucional que permita a imigrantes concorrerem a Presidência dos EUA. Afinal, os EUA são um país de todos. Os imigrantes vieram e ainda vêm de toda a parte do mundo, principalmente de países do terceiro mundo. Isto fez com que os EUA se tornassem um país de dupla cidadania, a norte-americana e a hispânica. Até mesmo parte dos discursos das campanhas eleitorais de George Bush e John Kerry foram falados em espanhol. Dessa forma, nada mais justo que um imigrante possa comandar o país, especialmente se este imigrante não é um latino ou um árabe. A ascendência germânica de Schwarzenegger o faz especial. Ele pertence a uma raça superior. E mesmo o fato de ser filho de um nazista pode fazê-lo ainda mais respeitado.

Schwarzenegger vem de um mundo de fantasia onde, com exceção do primeiro filme do Exterminador do Futuro, ele sempre venceu. A vida real, no entanto, é diferente do cinema e é mais fácil que o exterminador consiga matar Sarah Connor que o congresso dos EUA aprove tal emenda a constituição. Se ao menos houvesse uma cláusula que possibilitasse apenas a imigrantes de origem germânica ou anglo-saxônica, isto poderia acontecer. Entretanto, uma vez que há o risco de um cubano ou um árabe vir a ser presidente, é melhor que tudo continue como está.

Enquanto isso não ocorre, Schwarzenegger continuará sonhando com a Casa Branca esperando que um dia a vida imite o cinema e um dia num futuro distante, haja alguém que se lembre que um imigrante chamado Arnold Schwarzenegger chegou a presidência dos EUA e que teve um mandato de 8 anos preferencialmente.

Se ele se tornar presidente algum dia, há até uma sugestão para o slogan de sua campanha de reeleição. “I will be back”.

Jose Schettini Petrópolis BRASIL

 
3767
Loading. Please wait...

Fotos popular