Pravda.ru

Notícias » Mundo


POLISARIO: Povo de Sahara Ocidental nunca esquecerão Saramago

20.06.2010 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
POLISARIO: Povo de Sahara Ocidental nunca esquecerão Saramago

“Uma florzinha em memória de José Saramago” : A Solidariedade com o Povo Saharaui e o Povo do Sahara Ocidental jamais o esquecerão

— Mohamed Abdelaziz presta homenagem ao escritor e ao homem

"La alegoría es una necesidad para todo el mundo en los tiempos que corren (...) Con ella no fundamento ni invento nada, soy apenas alguien que se limita a levantar una piedra y poner a la vista lo que está debajo. No es mi culpa si de vez en cuando me salen monstruos"

José Saramago, Discurso de Investidura de Doutor Honoris causa pela Universidade Autónoma de Madrid, 2007

A morte do escritor e militante da causa dos pobres e desprotegidos José Saramago encheu de pesar todos aqueles que com ele conviveram, ou que simplesmente admiravam a sua integridade de carácter e a sua coragem para denunciar aquilo que considerava injusto, fossem quais fossem as consequências.

Apesar do seu já precário estado de saúde José Saramago foi a voz corajosa que clamou em defesa da activista Aminatou Haidar, durante a sua greve de fome de 32 dias no aeroporto de Lanzarote, reclamando o direito a regressar à sua terra natal – El Aiun, no Sahara Ocidental ocupado, — depois de ter sido expulsa pelas autoridades marroquinas com o conhecimento, senão mesmo com a cumplicidade, do Governo de Madrid.

Disse então José Saramago:

“Acredito que o planeta a todos pertence e todos temos o direito ao nosso espaço para poder viver em harmonia. Creio que os separatistas são todos aqueles que separam as pessoas da sua terra, as expulsam, que procuram desenraizá-las para que, tornando-se algo distinto do que são, eles possam alcançar mais poder e os que combatem percam a sua auto-estima e acabem por ser tragados pela irracionalidade.

Marrocos em relação ao Sahara transgride tudo aquilo que são as normas de boa conduta”.

A Associação de Amizade Portugal – Saharaui manifesta a sua gratidão a José Saramago e presta a mais sentida homenagem à sua memória, expressando à sua família, em particular a sua esposa, Doña Pilar Del Rio, a mais calorosa e sentida fraternidade.

Secretário-Geral da Frente Polisario e Presidente da RASD

expressa condolências pelo falecimento de José Saramago

Bir Lehlu (territórios libertados), 19/06/2010(SPS).- O presidente da República Árabe Saharaui Democrática (RASD) e Secretário-Geral da Frente POLISARIO, Mohamed Abdelaziz, enviou ontem uma carta de condolências à viúva do escritor português e Prémio Nobel José Saramago.

 
2745
Loading. Please wait...

Fotos popular