Pravda.ru

Notícias » Mundo


ISRAEL CONTINUA COM A OPERAÇÃO DE DERRUBADA DE CASAS EM RAFAH

20.05.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O governo do primeiro ministro israelense Ariel Sharon lançou a ofensiva em Rafah, em retaliação a uma emboscada de militantes palestinos que causaram a morte de 13 soldados de Israel, na semana passada.

Israel invadiu Rafah com helicópteros, tanques e buldôzeres, tropas do exército revistavam e derrubavam casas de serem suspeitas de abrigar armamentos de terroristas. Pelo menos 20 palestinos morreram nos confrontos e ataques com mísseis, várias pessoas ficaram feridas. A ajuda às vítimas da ofensiva israelense foi prejudicada pelas tropas que isolaram o campo de refugiados em Rafah, desde de segunda feira.

A Liga árabe condenou a ofensiva de Israel e classificou como crime de guerra. Já os EUA, aliado incondicional do primeiro ministro Ariel Sharon, declarou que Israel tem todo o direito de proteger-se de terroristas.

A extrema violência das ofensivas ilegais de Israel incluí: derrubada de casas de famílias palestinas, assassinatos “seletivos” como o do líder espiritual do Hamas, Ahmed Yassin e um dos fundadores do grupo, o médico Abdel Aziz Al Rantissi e militantes palestinos; incursões nos territórios ocupados e muitas vezes proíbem a ajuda médica aos palestinos, vítimas dos ataques, e os ataques cirúrgicos que visam os “terroristas” mas que causam a morte de civis.

Ariel Sharon aproveita a crise dos sangrentos conflitos no Iraque para intensificar a ocupação e a agressão na Palestina.

Michele MATOS PRAVDA.Ru S.PAULO BRASIL

 
1560
Loading. Please wait...

Fotos popular