Pravda.ru

Notícias » Mundo


Bolívia: Primeiro Presidente Indígena

19.12.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Depois de Venezuela, Uruguai, Brasil e Argentina, Bolívia agora escolha um caminho de esquerda para criar mais uma dor de cabeça para Washington, especialmente porque o homem que parece ter vencido a eleição de ontem se descreveu como “o pesadelo de Washington”.

Evo Morales é o nome do fazendeiro da folha de coca que parece ter ganho mais que 50% dos votos na primeira volta das eleições presidenciais na Bolívia este Domingo. Caso seja confirmado, será o primeiro líder indígena da Bolívia.

Quem é Evo Morales?

Seu discurso no Domingo a noite frente a uma multidão extática foi cristalino: “A partir de amanhã, a nova história da Bolívia começa verdadeiramente – uma história onde iremos procurar igualdade, justiça, equidade, paz e justiça social”.

Morales é visto como a última esperança dos trabalhadores rurais empobrecidos da Bolívia, depois de dois governos de direita, apoiados por Washington, terem levado o país à ruína, aumentando a diferença entre os que têm e os que não têm e enviando os que já eram pobres para vidas de miséria.

Evo Morales terá de estabelecer programas de criação de emprego, especialmente para os mineiros desempregados, terá de resolver a questão dos Índios que foram forçados a saírem das suas terras e terá de resolver a questão da folha de coca com Washington. Os fazendeiros afirmam que não têm qualquer alternativa e de qualquer modo, cultivam um produto natural que tem sido utilizado pela população local durante milhares de anos, enquanto Washington prefere a erradicação.

A região oriental é rica em recursos naturais (Bolívia tem a segunda maior reserva de gás natural na América Latina) e nesta zona, os oligarcas locais querem cada vez mais autonomia de La Paz. Estes poderiam ter os dias contados – Morales prometeu que se fosse eleito presidente, iria nacionalizar o gás, porque as políticas do mercado livre praticadas pelos seus antecessores no governo nada fizeram para o povo boliviano.

Washington e Morales têm uma relação difícil – Washington considera sua política de legalizar a folha de coca como sendo contrário à sua política sobre drogas e Morales se descreve como “o pesadelo de Washington”. Mas a verdadeira crise será centrada a volta do gás natural, pois Washington está agarrada por um clique de elitistas corporativos do sector de energia. Porém George Bush não é Presidente da Bolívia e é bom que ele saiba isso.

Timothy BANCROFT-HINCHEY PRAVDA.Ru

 
2544
Loading. Please wait...

Fotos popular