Pravda.ru

Notícias » Mundo


EMPECILHOS NO PLANO DE PAZ MAPA DA ESTRADA

19.06.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

No mesmo dia que o ministro da Autoridade Palestina esteve em reunião com 13 organizações palestinas, para discutir as obrigações palestinas no "mapa da estrada", com o fim dos ataques a civis em Israel, horas depois atiradores extremistas atingiram um carro de viajem em Kfar Saba, centro de Israel. Os tiros mataram uma menina israelense de 7 anos, e deixou uma criança de 5 anos ferida. Nenhum grupo terrorista se responsabilizou pelo ataque. Até agora o que está prejudicando o plano de paz, é que as organizações terroristas estão propensas a cessar ataques contra civis em Israel, mas este termo não se aplica nos territórios ocupados; Faixa de Gaza, CisJordânia e Jerusalém Oriental. Um dos líderes do Hamas, o pediatra Adbel Aziz Rantissi, que foi alvo de mísseis israelenses na semana passada, reafirmou que prosseguirá atacando soldados israelenses e colonos judeus enquanto eles não deixarem os territórios ocupados da Palestina. Ariel Sharon também está enfrentando fortes pressões da ultra direita de Israel, que não aceita libertar prisioneiros palestinos, acusados pelos mesmos de serem terroristas. O premiê Israelense está negociando seriamente a libertação do Líder da Fatah na CisJordânia, Marwan Barghouti, preso em 2002. Em troca Ariel Sharon espera que o Hamas dê um fim nos atentados terroristas, fazendo assim uma trégua na região. Passada uma semana do banho de sangue na região, com ataques palestinos e retaliações israelenses, Ariel Sharon parece ter se convencido que precisará ser mais flexível para o "mapa da estrada" ter resultados concretos na região, mas libertar prisioneiros palestinos ainda está muito longe de ser uma hipótese. Michele MATOS PRAVDA Ru BRASIL

 
1759
Loading. Please wait...

Fotos popular