Pravda.ru

Notícias » Mundo


Inter: luto de três dias por Amoretty

18.07.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Inter: luto de três dias por Amoretty

Já repercute no Internacional, a morte do Paulo Rogério Amoretty Souza, ex-presidente. O atual presidente, Vitorio Carlos Costi Piffero, decretou luto de três dias no clube e a bandeira oficial do Inter já aparece a meio mastro no Beira-Rio. A equipe deve entrar em campo nesta quarta-feira, contra o Corinthians, com tarjas pretas nas mangas.

Pela manhã, Piffero comentou os sentimentos do clube com a tragédia. “Consternação total. O Paulo Amoretty era um amigo, sempre se dedicou, trabalhou e apoiou todas as causas relativas ao Inter. É um acidente que envolve não só a família colorada, mas também o povo gaúcho e brasileiro”, lamentou o presidente.

O dirigente descarta o adiamento da 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, que terá jogos nesta quarta e quinta-feira. “Não houve nenhuma manifestação da CBF para transferir os jogos. Mas o espetáculo não pode parar. A vida segue, temos que nos acostumar com as perdas e procurar trabalhar para de alguma forma reverenciar quem se foi”.

O Internacional emitiu nota informando que a direção, o Conselho Deliberativo e os funcionários estão perplexos com o acidente e que está mobilizado para obter mais informações, à espera da confirmação formal do IML sobre a morte de Amoretty para adotar novas medidas. O clube também se solidariza com familiares, amigos e colegas do ex-presidente.

Paulo Amoretty foi presidente do Internacional no biênio 98/99 e retornava de Porto Alegre para São Paulo para cuidar do caso do atacante Nilmar. Ele era o advogado contratado pelo Corinthians para defender o clube no polêmico imbróglio com o Lyon e preparava o recurso que levaria à Justiça da Suíça para tentar reverter a decisão da Corte de Arbitragem do Esporte, que obrigou o Timão a pagar oito milhões de euros ao clube francês.

Antes disso, o advogado também havia trabalhado na comissão de resolução da Fifa, que resolve imbróglios entre jogadores e clubes, e defendeu também o atual presidente da Confederação Brasileira de Tênis (CBT), Jorge Lacerda Rosa, na disputa pelo poder da entidade em 2004.

A tragédia desta terça-feira aconteceu em São Paulo. A aeronave teve problemas para pousar no Aeroporto de Congonhas, derrapou pela pista, atravessou a avenida Washington Luiz e atingiu o prédio da TAM Express e um posto de gasolina.

Fonte Gazeta Esportiva

 
2467
Loading. Please wait...

Fotos popular