Pravda.ru

Notícias » Mundo


Pentágono divulgou os vídeos dos ataques de 11 de Setembro

17.05.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Pentágono divulgou os vídeos dos ataques de 11 de Setembro

É a primeira vez que o Departamento da Defesa permite o acesso público à seqüência de imagens. Antes, no entanto, fotos extraídas do vídeo já circulavam pela Internet de forma não oficial, por meio de links e e-mails, fomentando uma série de rumores e teorias conspiratórias a respeito do que atingiu o Pentágono - se foi realmente um avião ou um míssil.


São duas seqüências de imagens: a primeira dura 12 segundos e a segunda mais ou menos dois minutos. As imagens foram gravadas pelas câmeras de segurança do Pentágono e foram liberadas em resposta a um Ato de Liberdade de Informação requisitado pelo Observatório Judicial, um grupo de interesses públicos.

No primeiro vídeo o avião pode ser identificado como uma fina linha branca que se colide contra o Pentágono próximo ao nível do chão. Instantaneamente aparece uma grande bola de fogo laranja, seguida por uma nuvem de fumaça negra. No outro vídeo um carro da polícia do Pentágono se dirige ao local da explosão logo após a explosão.


Voando a uma velocidade de 360 km/h, o avião seqüestrado da American Airlines foi jogado sobre a ala sudoeste do Pentágono às 9h38 da manhã de 11 de setembro de 2001, pouco depois que duas outras aeronaves tomadas por terroristas chocaram-se contra o World Trade Center, em Nova York, no maior atentado terrorista em território americano.


O Pentágono havia recusado anteriormente outros pedidos de divulgação do vídeo, alegando que as imagens foram enviadas ao Departamento de Justiça como evidências para qualquer procedimetno criminal.

A organização argumentou que o vídeo com as imagens do vôo 77 chocando-se contra o Pentágono era "muito importante para completar o registro público" sobre os atentados do fatídico dia. "Finalmente, nós esperamos que o vídeo ponha fim às teorias conspiratórias envolvendo o vôo 77 da American Airlines", disse o presidente do Observatório Judicial , Tom Fitton.

 
2096
Loading. Please wait...

Fotos popular