Pravda.ru

Notícias » Mundo


Sérvios revoltam em Kosovo

17.03.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Pela primeira vez desde a declaração unilateral da independência de Kosovo, as tropas da KFOR e as unidades de polícia da ONU foram alvo de disparos. Granadas de mão e espingardas automáticas foram algumas das armas empregues contra as forças internacionais, que responderam com gás lacrimogéneo. Vários veículos com as insígnias da Aliança Atlântica e das Nações Unidas acabaram consumidos pelas chamas.

Os confrontos, que envolveram manifestantes sérvios e efectivos das Nações Unidas e da NATO, ganharam contornos de uma sublevação quando as forças internacionais tentaram expulsar meia centena de sérvios que se concentravam desde sexta-feira no interior de um complexo com dois tribunais da ONU.

 No resultado as forças policiais das ONU foram hoje obrigadas a retirar de um sector de maioria sérvia na cidade dividida de Mitrovica, no Norte do Kosovo. Pelo menos 33 efectivos das forças internacionais e 80 sérvios ficaram feridos no mais grave surto de violência desde a declaração unilateral de independência do Kosovo, a 17 de Fevereiro


De acordo com um porta-voz da polícia kosovar, pelo menos 25 efectivos da Missão da ONU no Kosovo (Unmik) ficaram feridos durante os confrontos com manifestantes sérvios. Por sua vez, o comando francês da KFOR deu conta de oito operacionais feridos entre as fileiras da NATO.


Em declarações à agência France Presse, um responsável do Hospital de Mitrovica estimou em 80 número de sérvios feridos, 15 dos quais atingidos por disparos. partir de Varsóvia, o porta-voz da polícia Mariusz Sokolowski confirmou que 22 efectivos polacos da Unmik sofreram ferimentos no decurso dos confrontos em Mitrovica. A missão das Nações Unidas no Kosovo integra 115 polícias da Polónia.

 
1791
Loading. Please wait...

Fotos popular