Pravda.ru

Notícias » Mundo


Denunciam na França impacto do bloqueio a Cuba no âmbito cultural

14.10.2019 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Denunciam na França impacto do bloqueio a Cuba no âmbito cultural. 31915.jpeg

Denunciam na França impacto do bloqueio a Cuba no âmbito cultura

Paris, 13 out (Prensa Latina) A delegada permanente cubana na Unesco, Dulce María Buergo, denunciou na França o impacto do bloqueio imposto pelos Estados Unidos à ilha no âmbito cultural e compartilhou algumas das ações para contrapô-lo.

 

Estes impactos produzem-se no cenário bilateral, com uma hostilidade traduzida na proibição primeiramente de artistas e a negativa de permitir iniciativas em áreas como a música e as artes cênicas, entre outros obstáculos; e no âmbito multilateral, comentou ao intervir na assembleia geral da associação Cuba Cooperação França (CubaCoop).

A diplomata precisou no foro que culminou noite a dentro deste sábado, na localidade de Ivry-sul-Seine, o alcance extraterritorial do cerco imposto há seis décadas, com medidas de pressão contra outros governos, instituições e indivíduos.

Nesse sentido, reconheceu o trabalho de CubaCoop, que inclui projetos nas áreas da cultura e do patrimônio, sobretudo em matéria de restauração e conservação, com resultados concretos em províncias da maior das Antilhas como a central Cienfuegos.

Consideramos este trabalho da associação muito importante, porque trata-se precisamente de setores nos quais impacta o reforço do bloqueio econômico, comercial e financeiro pela atual administração estadunidense, sublinhou.

Buergo reiterou no encontro que para a revolução cubana a cultura constitui uma prioridade, postura evidenciada desde seu início com a campanha de alfabetização e o estabelecimento de instituições.

Vemos na cultura, na ciência e na educação - que são os âmbitos de ação da Unesco - pilares do desenvolvimento sustentável e da criação de consciência nas pessoas, afirmou.

De acordo com a embaixadora, a cultura representa uma das áreas nas quais Cuba mostra com orgulho resultados reconhecidos a nível internacional, conquistas com dimensões humanas e sociais.

Participantes da assembleia geral de CubaCoop interessaram-se pelos impactos do cerco de Washington em matéria cultural e na resposta da maior das Antilhas, sobre o que Buergo compartilhou que se promove a educação e a unidade.

A associação criada em 1995 para promover os vínculos de amizade e solidariedade com o país caribenho adotou uma moção de condenação ao bloqueio e seu recrudescimento pela administração de Donald Trump.

O presidente de CubaCoop, Víctor Fernández, que foi ratificado pela assembleia, reiterou o compromisso da organização com a maior das Antilhas através do impulsionamento de projetos de cooperação que contribuem com benefícios concretos a seus habitantes.

rgh/wmr/mm

 

 

https://www.prensalatina.com.br/index.php?o=rn&id=26570&SEO=denunciam-na-franca-impacto-do-bloqueio-a-cuba-no-ambito-cultural

 

 
3632

Fotos popular