Pravda.ru

Notícias » Mundo


Mesquitas sunitas incendiadas no sul de Bagdá

14.06.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Mesquitas sunitas incendiadas no sul de Bagdá

No sul de Bagdá três mesquitas sunitas foram atacadas e incendiadas no sul de Bagdá nesta quinta-feira, 14. Os ataques parecem ser uma represália depois que supostos militantes da Al-Qaeda explodiram as cúpulas de um santuário xiita.

Muitos de soldados iraquianos e americanos estão nas ruas de Bagdá e de outras cidades para forçar um toque de recolher. Ele foi imposto na quarta-feira após uma bomba destruir as cúpulas da mesquita al-Askari em Samarra.

Um ataque na mesma mesquita em fevereiro de 2006 desatou uma onda de violência sectária na qual dezenas de milhares de pessoas morreram, colocando o Iraque a beira de uma guerra civil entre a maioria xiita e a minoria de árabes sunitas.

O último ataque em Samarra, condenado pelo presidente americano George W. Bush e outro líderes do mundo, trouxe a preocupação de uma violência semelhante a de 2006.

A polícia diz que atiradores não identificados nesta quinta-feira atacaram as mesquitas de al-Mustafa e Huteen na cidade de Iskandariya, onde a Grande Mesquita Sunita foi destruída na quarta-feira.

Nas ruas de Bagdá, forem registrados tiroteios durante toda a noite. Atiradores tentaram atacar a maior mesquita sunita no centro da cidade, afirmam moradores.

Os ataques no sul de Bagdá aconteceram um dia após os comandantes americanos afirmarem que as tropas agiriam para diminuir a violência. A ação envolveria 28 mil soldados extras.

A acção dos EUA mira a segurança da capital, para que assim o primeiro-ministro do Iraque possa alcançar os alvos políticos ajustados por Washington para promover a reconciliação nacional.

Fonte Portal Estadão

 
1786
Loading. Please wait...

Fotos popular