Pravda.ru

Notícias » Mundo


RJ: assembléia com milhares decreta greve

14.02.2012 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

RJ: assembléia com milhares decreta greve. 16436.jpegReunidos em Assembléia ontem (9/02) na Praça da Cinelândia no Rio de Janeiro, mais de 5 mil Bombeiros e Policiais Militares e Civis deram uma grande demonstração de dignidade e coragem. O esforço do governador Cabral, apoiado pela grande mídia, de tentar intimidá-los foi em vão.

A INTERSINDICAL se solidariza com a greve dos Policiais Militares e Bombeiros que reivindicam direitos básicos como melhores salários, condições de trabalho e plano de carreira. Os governos do Rio de Janeiro (Cabral-PMDB) e Bahia (Jaques Wagner-PT) ao invés de atenderem integralmente as justas reivindicações desses servidores públicos que proporcionariam a melhoria de condições de vida para as suas famílias, atacam covardemente esse movimento tentando CRIMINALIZA-LO. Como as recentes prisões de lideranças como o bombeiro Daciolo no Rio e Marco Prisco na Bahia.

O compromisso desses governos é atender aos interesses dos capitalistas como os grandes empreiteiros, ou dos empresários do mercado imobiliário do turismo e hotelaria, do mercado financeiro, da grande imprensa entre outros setores que envolvem centenas de bilhões de reais através das privatizações dos campos de petróleo, gás e do pré-sal e dos setores públicos como a Educação, Saúde, Esporte (Megaeventos, Maracanã).

No Rio de Janeiro, o governo Cabral e o Prefeito Eduardo Paes implementam a política de remoções das comunidades pobres das favelas, expulsam camelôs do centro da cidade e barraqueiros da orla marítima, enquanto passeiam nos jatinhos do Eike Batista e brindam em jantares oferecidos pela empreiteira Delta.

Para os Servidores Públicos afirmam que essa miséria de reajuste que oferecem representa "um grande esforço e que não há recursos suficientes para o atendimento das reivindicações", no entanto as arrecadações estaduais e municipais batem recordes anualmente.

Dinheiro tem, mas para quem? 

Enriquecimento de uma minoria às custas da exploração dos trabalhadores e trabalhadoras. Essa é a "ORDEM" que precisa ser mantida a qualquer custo e com todas as armas. LUTAR NÃO É CRIME! A GREVE É UM DIREITO. Precisamos garantir também um modelo de segurança que atende aos interesses da maioria da população brasileira. Os ataques que sofremos são cada vez maiores e mais violentos, por isso a INTERSINDICAL conclama a unidade na luta dos lutadores e lutadoras para o fortalecimento de amplos espaços de unidade de ação, o Fórum Nacional de Mobilização e a Plenária de Movimentos Sociais, para avançarmos na defesa dos interesses da classe trabalhadora.

Pelo atendimento das reivindicações dos trabalhadores da segurança pública do Rio de Janeiro, da Bahia e demais estados. Aprovação da PEC 300! Toda solidariedade à greve e às lideranças perseguidas e criminalizadas dos bombeiros, polícias civil e militar.

No domingo, dia 12/02, haverá um grande ato unificado na praia de Copacabana. A INTERSINDICAL conclama todas as organizações populares a participar de mais essa atividade.

Fonte: Intersindical

 
3741
Loading. Please wait...

Fotos popular