Pravda.ru

Notícias » Mundo


Brasil sairá fortalecido de Cancún, avalia Furlan

12.09.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Mesmo que não haja grandes avanços nas negociações decorrentes da V Conferência Interministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC), em Cancún, no México, o Brasil sairá fortalecido. A avaliação é do ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, que participa do evento.

Segundo ele, o Brasil desponta como um dos principais representantes dos países em desenvolvimento. Ou seja, vem sendo encarado como voz legítima no G-21, grupo de nações que lutam por melhores condições nas negociações agrícolas. "Estamos tendo uma participação na liga principal. Hoje o Brasil e demais aliados estão disputando espaço com os principaís "negociadores", como Estados Unidos e União Européia.

Em entrevista à Agência Brasil, o ministro comemorou a união dos países em desenvolvimento. “É um fato novo, é um fato raro, onde nós passamos a ter um papel de protagonismo”, disse. Conforme Furlan, esse movimento terá impacto nas negociações multilaterais. “Agora as grandes potências vão precisar ouvir esses grupo, porque ele representa uma parcela relevante da economia e da população mundial”, explicou, referindo-se ao G-21, grupo formado por países pobres e em desenvolvimento – incluindo países como China, Índia, México e África do Sul - que defendem avanços no comércio agrícola.

Apesar das dificuldades, Furlan disse estar moderadamente otimista. “O nosso ânimo continua, sabemos também que a negociação de Doha não termina aqui em Cancún. Vai haver novas reuniões que devem ser concluídas em aproximadamente um ano e meio”, completou.

O ministro defendeu ainda o combate aos interesses de uma minoria de países que praticam o protecionismo comercial para que não haja obstáculos nas negociações. "Vamos ter quantas reuniões forem necessárias para que, ao final da declaração de Cancun, o nosso grupo não tenha a sensação de estar perdendo". Atualmente, o G-21 responde por mais da metade da população mundial e por mais de 60% da produção agrícola do planeta.

Partido dos Trabalhadores

 
2070
Loading. Please wait...

Fotos popular