Pravda.ru

Notícias » Mundo


ÍNDIA E PAQUISTÃO APROXIMAM-SE

12.05.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Desde a sua criação em 1947 que existe uma permanente tensão entre as duas grandes potências da Ásia do Sul, derivada de uma profunda rivalidade religiosa, da disputa fronteiriça e das reivindicações que cada um dos países tem sobre o território da Caxemira.

Essa permanente conflitualidade já levou a Índia e o Paquistão a três guerras e a várias situações de quase-guerra, constituindo uma das áreas mais sensíveis do planeta.

Nos últimos anos verificou-se uma escalada crescente na tensão entre os dois países com acusações e ameaças mútuas, incluindo o uso da arma nuclear que ambos os países passaram a deter.

As relações diplomáticas e económicas entre os dois países têm estado cortadas e nas suas fronteiras estacionam fortes efectivos militares.

Porém, o Paquistão deu recentemente um primeiro passo no sentido da normalização das relações entre os dois países, ao convidar o Primeiro-Ministro indiano Vajpayee a visitar Islamabad para conversações e ao declarar a sua disposição de destruir o seu arsenal nuclear se o seu rival o fizesse também.

A reacção indiana foi cautelosa mas positiva. Falando no Parlamento indiano, Atal Vajpayee anunciou que a Índia não aceitava a proposta paquistanesa de desnuclearização da Ásia do Sul, porque o seu programa nuclear não é contra o Paquistão, mas pretende ser uma resposta aos desenvolvimentos que se verificam em outros países vizinhos, sem contudo os citar. No entanto, considerou que o restabelecimento da confiança e o incremento das relações bilaterais seriam passos positivos.

Na sequência destas declarações, a visita à região do Secretário de Estado Adjunto americano Richard Armitage, parece confirmar que se aproximam conversações indo-paquistanesas num contexto bem diferente daquele que tem norteado a conflitualidade entre os dois países desde há meio século.

Luis MACIEL Pravda.ru LISBOA pravdaport@hotmail.com

 
1990
Loading. Please wait...

Fotos popular