Pravda.ru

Notícias » Mundo


Norte-americana assassinou filha adoptiva russa

11.11.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Há três meses ela bateu a sua filha adoptiva da cidade russa Irkutsk

Viktoria Bagenova que tinha só dois anos e meio. Esta menina que tinha recebido a cidadania dos EUA e o nome novo Nina Victoria Hilt morreu num hospital da cidade Manassas. A família Hilt chegou a Manassas para comemorar com parentes o Dia da Independência dos EUA. Os médicos do hospital repararam que a menina tinha sido batida, chamaram a polícia e a sua mãe Peggi Hilt foi detida. Peggi Hilt confessou que tinha morto a sua filha porque tinha ficado furiosa contra ela. O assassinato não era intencional, este crime prevê pena de 5 a 40 anos de prisão.

Este caso do assassinato da filha adoptiva russa nos EUA não é primeiro. 14 crianças adoptivas russas já morreram neste país. Sem dúvida há os pais adoptivos norte-americanos muito bons que cuidam os órfãos russos apesar de doenças que eles têm. Nos EUA foi organisado o Fundo de Ajuda aos Órfãos que dá as bolsas às cianças que não têm pais.

Ekaterina SPITSYNA PRAVDA.Ru

 
1070
Loading. Please wait...

Fotos popular