Pravda.ru

Notícias » Mundo


EUA oferece 2 milhões de USD por Taylor

10.11.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

De facto, o governo de George Bush não deixa de surpreender pela negativa. Após o ato de chacina no Iraque sem qualquer causus belli, depois da fraudulenta tentativa de fabricar evidência contra Bagdade, agora oferece um prémio de 2 milhões de USD pela captura de Charles Taylor, ex-Presidente da Libéria, em exílio na Nigéria como parte do processo de entrega do poder.

Num verdadeiro acto à cowboy, a administração de George Bush pôs um preço à cabeça de Taylor, cujos anfitriões estão furiosos com Washington pela ilegalidade da questão. O governo Federal da Nigéria aumentou a segurança à volta da moradia de Taylor em Calabar e reagiu à lei assinada por George Bush na Quinta-feira, que impõe o preço de 2 milhões de USD “em prémio pela captura dum indiciado do tribunal especial para Serra Leoa”.

Charles Taylor, presidente da Libéria desde que tomou o capital Monrovia em 1997, foi acusado de armar a guerrilha na Serra Leoa, estado vizinho, em troca por diamantes.

O BBC citou Femi Fani-Kayode, conselheiro especial para presidente Olusegun Obasanjo da Nigéria, que disse que a acção de Washington de estabelecer um prémio pela cabeça de Taylor é “terrorismo de estado” que “não só viola a lei internacional como também todas as normas duma sociedade civilizada”.

O exílio de Taylor na Nigéria fez parte do processo de paz na Libéria e a entrega do poder. Não é a primeira vez que Washington viola a lei internacional ou desfaz os acordos que assina. Pelos vistos, não será a última enquanto este regime permanece no poder.

Acácio BANJA PRAVDA.Ru

 
1670
Loading. Please wait...

Fotos popular