Pravda.ru

Notícias » Mundo


Mau funcionamento da ETAR motiva pergunta de Os Verdes no Parlamento

09.02.2016 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Mau funcionamento da ETAR motiva pergunta de Os Verdes no Parlamento. 23751.jpeg

Antuzede e Vil de Matos, concelho de Coimbra

O Deputado de Os Verdes, José Luís Ferreira, entregou na Assembleia da República uma pergunta em que questiona o Governo, através do Ministério do Ambiente, sobre o funcionamento do Centro Integrado de Tratamentos e Valorização de Resíduos Sólidos Urbanos (CITVRSU), localizado na União de Freguesias Antazude e Vil de Matos, concelho de Coimbra, que tem causado perturbação pelos cheiros nauseabundos que emana.

Pergunta

O funcionamento do Centro Integrado de Tratamento e Valorização de Resíduos Sólidos Urbanos (CITVRSU), sob a responsabilidade da ERSUC - Resíduos Sólidos do Centro, S.A., localizado na União de Freguesias Antuzede e Vil de Matos, no concelho de Coimbra, tem causado grande perturbação à população local, designadamente no que respeita aos cheiros nauseabundos que são sentidos nas suas imediações. O certo é que os residentes em Vil de Matos, após a construção do Centro de Resíduos confrontam-se, hoje, com este problema.

Aquando da apresentação do projeto do CITVRSU, foi garantido à população que o problema dos maus cheiros ficaria resolvido pela forma como o sistema seria estruturado. No entanto, os odores desagradáveis têm-se propagado por uma área considerável, que extravasa os limites da freguesia, afetando a qualidade de vida da população.

A Junta de Freguesia já expôs o problema dos maus cheiros que indica que são cada vez mais intensos e mais duradouros, tendo o mesmo assunto sido abordado na Assembleia Municipal (A.M.). Nessa reunião da A.M, o presidente da junta de freguesia referiu ainda que há também lançamento de líquidos nas redes freáticas e que de vez em quando estes aparecem nos poços das propriedades das pessoas, que se queixam da situação.

Ao Partido Ecologista "Os Verdes" foi transmitido pela população, que os cheiros nauseabundos intensificam-se ao anoitecer e de madrugada, com maior frequência nos dias de precipitação e de nevoeiro cerrado, o que afeta e condiciona a sua qualidade de vida, pois referem que há dias em que é impossível abrir as janelas das habitações ou secar a roupa.

Para além dos cheiros que advêm do Aterro de Apoio, a população queixa-se, por um lado, da constante passagem de camiões, que transportam os resíduos sólidos para o CITVRSU, pelo centro da povoação de Vil de Matos, quando existe uma via rodoviária alternativa, e por outro, pelo facto, de os veículos, após a descarga não saírem do CITVRSU limpos e desinfetados, propagando os cheiros nauseabundos por onde passam, nomeadamente, no centro da povoação.

Assim, ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, solicito à S. Exa. O Presidente da Assembleia da República que remeta ao Governo, a seguinte Pergunta, para que o Ministério do Ambiente me possa prestar os seguintes esclarecimentos:

1- O Ministério do Ambiente tem conhecimento das queixas da população de Vil de Matos, decorrentes dos maus cheiros emanados do Centro Integrado de Tratamento e Valorização de Resíduos Sólidos Urbanos, localizado nesta localidade?

2- Que soluções podem ser preconizadas?

3- Que diligências tomou, ou vai tomar, esse Ministério em relação à perturbação da qualidade de vida das populações, decorrente dos maus cheiros do Centro de Resíduos?

  

O Grupo Parlamentar Os Verdes

 

 
4371
Loading. Please wait...

Fotos popular