Pravda.ru

Notícias » Mundo


Venezuela estimula terroristas a se render

06.05.2020 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Venezuela estimula terroristas a se render. 33176.jpeg

Venezuela estimula terroristas a se render

 

Caracas, 6 de maio (Prensa Latina) O primeiro vice-presidente do Partido Socialista Unido da Venezuela, Diosdado Cabello, pediu aos mercenários que fugissem após o fracasso da incursão terrorista em 3 de maio que se rendessem às autoridades.

 

'Desista! Você não será capaz de lidar conosco', enfatizou Cabello durante uma edição especial de seu programa Con el Mazo Dando, na qual garantiu que as forças de segurança continuem em busca dos assuntos ainda não capturados para colocá-los na ordem de justiça.

Nesse sentido, ele mostrou as evidências do arsenal de armas confiscadas pelos invasores, bem como os capacetes, uniformes militares venezuelanos e americanos, credenciais e placas de identificação, que contribuem para a investigação em andamento.

Cabello afirmou que a ação das forças armadas e agências de segurança venezuelanas, com o apoio do povo organizado, permitiu capturar pelo menos 13 mercenários, incluindo o chefe da ação paramilitar Antonio Sequea, desertor capitão de Guarda Nacional Bolivariana que participou da tentativa de golpe em 30 de abril de 2019.

Nesse sentido, destacou a união existente entre o povo e as forças militares e policiais para garantir a defesa da nação, frustrando a tentativa de desembarcar os mercenários ao longo da costa do estado de La Guaira, uma operação na qual eles foram dispensados vários terroristas e outros presos.

Por sua vez, ele questionou a posição do governo dos Estados Unidos e de seus aliados na fracassada incursão criminal no país sul-americano, com a intenção de executar um golpe e assassinar líderes da Revolução Bolivariana.

Segundo o também presidente da Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela, o presidente dos EUA, Donald Trump, falou 48 horas após o evento para garantir que ele não estava ciente, quando é inegável a participação do executivo norte-americano nessa ação terrorista. ' eles trataram de afirmar que não tinham nada a ver, acabou sendo muito ruim para eles', disse Cabello, afirmando que eles (os Estados Unidos) são excepcionais ao dizer 'eu não fui'.

Na véspera, o ministro da Comunicação e Informação, Jorge Rodríguez, mostrou evidências da conexão do vice da oposição Juan Guaidó - reconhecido por Washington como presidente interino - com a ação violenta organizada na Colômbia com assessoria e financiamento dos Estados Unidos.

Rodríguez apresentou um áudio em que Guaidó é ouvido em conversa com o contratante militar dos EUA Jordan Goudreau, proprietário da empresa de segurança SilverCorp, onde concordaram em assinar um contrato para uma operação paramilitar contra a Venezuela. jcm / lrc / bm

 

 

 

https://www.prensalatina.com.br/index.php?o=rn&id=31005&SEO=venezuela-estimula-terroristas-a-se-render

 

 
3610

Fotos popular