Pravda.ru

Notícias » Mundo


Colômbia: Notícias

06.03.2019 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Colômbia: Notícias. 30562.jpeg

Fica claro ante o país e o mundo que na Promotoria colombiana a cargo de Néstor Humberto Martínez [apaniguado do uribismo] existe o interesse de torpedear a pronta libertação do dirigente do partido FARC Seuxis Hernández [Jesús Santrich], vítima de uma montagem judicial urdida pela dita entidade para sabotar a implementação do Acordo de Paz em Colômbia.

Hernán Durango / Resumen Latinoamericano / 2 de março de 2019

 

Ao não existir provas por parte das autoridades dos Estados Unidos, a Jurisdição Especial para a Paz JEP deve ordenar a imediata liberdade do ex-combatente e hoje dirigente do partido FARC.

A seguir, o comunicado do Gabinete de Imprensa da JEP no qual de maneira oportuna se esclarece a situação e afirma que a Unidade de Investigação e Acusação [UIA] não desempenha nenhum papel na detenção irregular para fins de extradição de Jesús Santrich:

  

Gabinete de comunicações da JEP

 

Apreciados colegas:

 

Com relação ao anúncio da Promotoria Geral sobre a captura do fiscal de apoio Carlos Julián Bermeo, da Unidade de Investigação e Acusação [UIA] da JEP, nos permitimos lhes antecipar o seguinte:

 

1.   A UIA não tem nenhuma participação nos processos onde se estudam as solicitações de garantia de não extradição, contemplada no artigo 19 transitório da Constituição Política.

 

2.   No processo de Seuxis Pauzias Hernández, a UIA não desempenha nenhum papel.

 

3.   A UIA funciona de maneira autônoma da magistratura da JEP, a qual não tem nenhuma ingerência na seleção de seus funcionários.

 

 

Tradução > Joaquim Lisboa Neto

 

Fonte: Pacocol

 

 
2436
Loading. Please wait...

Fotos popular