Pravda.ru

Notícias » Mundo


ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS NO CASAQUISTÃO

05.12.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Um crescimento económico, assente nas riquezas minerais do país, particularmente o petróleo e o aumento do preço deste. Bem como várias manipulações eleitorais explicarão tamanho resultado. Segundo a agência noticiosa cubana Prensa Latina, Nazarbaiev, antigo dirigente do Partido Comunista da União Soviética, goza de uma grande popularidade, graças a progressos económicos nos últimos anos, assentes na subida de preços do petróleo e de minerais em que o subsolo do país é extremamente rico.

Já a OSCE (Organização para a Segurança e Cooperação na Europa), embora reconheça algumas melhorias face a actos anteriores, considera que estas eleições foram marcadas por irregularidades na contagem de votos, intimidações, interferências, e restrições à campanha dos adversários de Nazarbaiev, particularmente na comunicação social.

Mas, segundo a Rádio Europa Livre/Rádio Liberdade, um grupo de deputados do parlamento britânico que fiscalizaram as eleições afirma não ver razões para duvidar da veracidade dos resultados. Esse grupo, liderado por Lord Cecil Parkinson, afirma mesmo que estas eleições terão sido as mais livres, justas e transparentes da história do Casaquistão independente.

O principal candidato de oposição foi Zharmakhan Tuyakbai, apoiado por uma coligação de que faz parte o Partido Comunista do Casaquistão, e que ficou creditado com apenas 6.64% dos votos. Segundo a BBC, Tuykbai alegou terem existido muitas irregularidades, e contestou os resultados, considerando mesmo que as eleições deveriam ser declaradas inválidas. "O regime autoritário de Nazarbaiev está a seguir a via do totalitarismo", disse Tuyakbai, que pautou a sua campanha com acusações de corrupção ao poder vigente.

O deputado Abylkasymov, de 57 anos de idade, foi o candidato presidencial apoiado pelo Partido Comunista do Povo do Casaquistão, dissidente do Partido Comunista do Casaquistão. Obteve apenas 0,4% dos votos.

Segundo a BBC, Abylkasymov centrou a sua campanha nos interesses dos reformados e dos trabalhadores, e associou a sua imagem a Che Guevara. Segundo a agência noticiosa Centran, Abylkasymov, afirmou ter como grande objectivo a restauração no seu país do modo de produção socialista e o regresso aos ideais comunistas.

Luís Carvalho PRAVDA.Ru

 
2358
Loading. Please wait...

Fotos popular