Pravda.ru

Notícias » Mundo


Harry fará um treinamento como prevenção para um possível seqüestro

05.03.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O príncipe Harry, que servirá no Iraque a partir de maio, fará um treinamento como prevenção para um possível seqüestro.

 Ele já foi ameaçado de morte pelas forças rebeldes por grupos radicais, segundo o jornal britânico The Sun . A rede terrorista Al-Qaeda prometeu seqüestrar ou assassinar o príncipe Harry quando ele for enviado para o Iraque, de acordo com informações divulgadas nesta segunda-feira no site Sky News.

Harry, de 22 anos, o terceiro na linha de sucessão do trono britânico, deverá chegar ao país do Oriente Médio em maio, juntamente com militares dos regimentos Azul e Real do Exército da Grã-Bretanha.

Desde que foi anunciado que Harry seria mandado ao Iraque, sites islâmicos vêm publicando ameaças de grupos extremistas.

"O Príncipe Harry será enviado ao Iraque para ser morto por muçulmanos", diz uma das ameaças. Em outra: "Queira Alá que ele tenha o que merece - como seus companheiros cruzados".
Por questão de segurança, o local para onde o príncipe será deslocado está sendo mantido em sigilo. Agentes do serviço secreto britânico acompanhariam o membro da realeza, segundo a imprensa britânica.

Harry comandará no Iraque uma unidade de 12 homens dos esquadrões do Household Calvary Regiment, ao qual pertence. O príncipe e seus companheiros serão submetidos a um treino em uma base militar, onde simularão serem reféns. Os soldados libertarão o filho do príncipe Charles com gás lacrimogêneo e granadas.


O treino será realizado na zona militar de Norfolk, que foi adaptada para simular as condições no Iraque. Harry desempenhará o trabalho de comandante de tropa normal e terá à sua disposição uma unidade de 12 homens e quatro veículos encouraçados de reconhecimento Scimitar

 
1816
Loading. Please wait...

Fotos popular