Pravda.ru

Notícias » Mundo


Os dois engenheiros alemães sequestrados no Iraque hoje voltam à casa

03.05.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Os dois engenheiros alemães sequestrados no Iraque hoje voltam à casa

Segundo Diário Digital o ministro dos Negócios Estrangeiros alemão, Frank-Walter Steinmeier garantiu que os dois homens estão desde terça-feira em lugar seguro e de boa saúde.

O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, Gernot Erler, em entrevista à uma rádio alemã disse que os Estados Unidos também contribuíram para a libertação dos reféns germânicos.

Thomas Nitschke e René Brõunlich foram raptados a 24 de Janeiro em Beiji, no norte do Iraque, por um bando de homens armados e uniformizados, a caminho da refinaria em que estavam a instalar maquinaria da sua empresa, a Cryotec, de Bennewitz (Leipzig).

Desde o sequestro, centenas de pessoas se reuniam na cidade de Leipzig, leste da Alemanha, para vigílias semanais, colocando flores e acendendo velas.

Steinmeier recusou-se a falar sobre os detalhes da libertação e o eventual pagamento de um resgate, que a maioria dos comentadores políticos na Alemanha admite ter sido pago para libertar os reféns.

Nos vídeos que divulgaram, os sequestradores diziam pertencer ao grupo Ansar al-Tawhid wa al-Sunna (Apoiantes do Monoteísmo e do Islão Sunita), designação desconhecida pelos especialistas.

No entanto, várias fontes admitiram que o grupo de raptores pudesse ter ligações à rede terrorista de Abu Musab al-Zarqawi, que há alguns meses se chamava Al-Tawhid wa al-Dschihad e à organização terrorista curdo-iraquiana Ansar al-Sunna.

 
1611
Loading. Please wait...

Fotos popular