Pravda.ru

Notícias » Mundo


Danos Colaterais

03.04.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

As forças armadas dos Estados Unidos da América continuam a sua política de chacina neste ataque ilegal contra o estado soberano do Iraque, fora da autoridade da ONU.

Na terça-feira, o bombardeamento duma zona agrícola em Al-Hillah causou 33 mortos entre civis e 310 feridos, no mesmo dia em que tropas norte-americanos dispararam contra um carro cheio de mulheres e crianças, matando sete, e outro incidente, em que um helicóptero disparou contra um veículo que transportava uma família inteira de 15 membros. Assassinou todos, em sangue frio.

Na quarta-feira, um bombardeamento em Mosul chacinou 21 civis na aldeia de Bartala e a noite, foi atingido o hospital maternidade do Crescente Vermelho em Bagdade, matando um civil e ferindo outros dez, mulheres que tinham visitado o hospital para ter os seus bebés ou para consultas. Uma mulher teve um aborto espontâneo, tanto era o terror.

A loja de flores foi atingido, uma empregada perdeu uma perna neste ataque bárbaro e desumano da aviação norte-americana.

O Secretário de Defesa (deveria chamar-se Guerra) Donald Rumsfeld protege-se, afirmando que o Saddam Hussein mata muito mais civis do que a aviação americana. Correcção: as sanções impostas por fora matam os civis, não é o governo do país. Estas sanções eram supostas criar um ambiente em que o povo iraquiano sublevasse contra o regime na altura do ataque. Não aconteceu, há mais iraquianos a tentarem entrar no país para o defender do que a tentarem sair.

Desde o início deste ataque ilegal e assassino pelas forças armadas norte-americanas e britânicas, morreram entre 445 e 817 civis iraquianos e entre 4,206 e 5,801 ficaram feridos.

São crimes de guerra. Bush e Blair são criminosos de Guerra, são assassinos e nunca, mas nunca, se deve esquecer isso.

Timothy BANCROFT-HINCHEY PRAVDA.Ru

 
1906
Loading. Please wait...

Fotos popular