Pravda.ru

Notícias » Mundo


Vaticano nega gays serem sacerdotes

01.11.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Os homossexuais e aqueles que vivem a castidade do celibato “com dificuldades” não podem ser sacerdotes; Isto acaba de recordar de maneira muito clara o Vaticano em um esperado documento. Aqueles que manifestam "tendências homossexuais fortemente enraizadas" ou uma identidade sexual "incerta" não podem entrar no seminário e se tornar padres, disse o documento.

A Santa Sé prevê inclusive o uso de psicólogos para avaliar eventuais patologias e "feridas" psíquicas dos candidatos ao sacerdócio. O documento, intitulado "Orientações para a utilização das competências psicológicas na admissão e na formação dos candidatos ao sacerdócio", apresentado hoje pela Congregação para a Educação Católica, foi aprovado pelo papa Bento XVI no último dia 9 de junho, mas anunciado esta quinta-feira.


"A formação deverá ser interrompida caso o candidato, apesar de seu empenho, o apoio do psicólogo ou da psicoterapia, continue manifestando incapacidade de enfrentar realisticamente as próprias graves imaturidades (fortes dependências afetivas, notável falta de liberdade nas relações, excessiva rigidez de caráter, falta de lealdade, identidade sexual incerta, tendências homossexuais fortemente enraizadas)", adverte o texto.


"O mesmo deve valer também no caso em que resultar evidente a dificuldade de viver a castidade no celibato, vivido como uma obrigação tão pesada capaz de comprometer o equilíbrio afetivo e de relações", continua.

Além disso, em uma outra passagem, o documento adverte que "não basta assegurar a capacidade de se abster do exercício sexual, mas é necessário também avaliar a orientação sexual".

O documento apresentado hoje retoma e reforça as indicações já contidas em uma nota anterior de 2005, redigida pela Santa Sé após a profunda crise dos padres pedófilos nos Estados Unidos e os inúmeros casos de homossexualidade entre membros do clero, informa a agência ASNA.

 
2040
Loading. Please wait...

Fotos popular