Pravda.ru

Notícias » Desporto


Independiente não é "tolo"

30.10.2012 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Independiente não é

Independiente não é "tolo" e garante vaga nas quartas da sul-americana

Os "Diabos Vermelhos" do bairro Avelhaneda de Buenos Aires, time com mais canecos da Copa Libertadores de América nas vitrines progrediu nas Quartas da Sul-Americana passando no Liverpool de Montevidéu no Estádio Centenario xerocando resultado que ocorreu semana passada em Buenos Aires de 2 x 1. O treinador chefe do Independiente, Américo "Tolo" Gallego, tentando driblar o sufoco do rebaixamento na Argentina enfiou escalação mistura de titulares e reservas no gramado. Liverpool escreveu a página mais gloriosa em quase 98 anos de vida e o "Diabo" topa a Universidad Católica chilena.

Manchete traduzida para o espanhol fica: "Independiente no es "tonto" y gana lugar e cuartos de final de la Sudamericana"

O ponta e artilheiro do Liverpool na Copa Sul-Americana, camisa onze, Carlos Núñez, virou pesadelo dos zagueiros "vermelhos" no encerramento da primeira metade. Requebrando de esquerda para direita entrando na grande área conseguiu abrir trilha para chutar com extrema precisão encaminhando a bola no fundo das malhas do rival argentino.

Esse grito de gol garantia classificação nas Quartas da Sul-Americana pois o resultado em Buenos Aires tinha sido com vantagem para o anfitrião Independiente de 2 x 1 que nesta hipótese no esquema de definição das Copas com carimbo da Confederação Sul-Americana de Futebol é bem mais importante cuidar o gol próprio que furar o rival.

Um ditado do futebol diz: Gol no encerramento do primeiro tempo destrói o rival e bota paz nesse time que conquistou vantagem. Só que o rival consiga retribuir gentileza no início da segunda metade...que foi o que acabou acontecendo assim que o Federico Mancuello mergulhou na grande área pela faixa central driblando o goleiro do Liverpool Matías Fidel Castro desenhando diagonal de esquerda para direita no relvado e com o gol seduzindo-o e sem jogador nenhum incomodando o chute, bateu raso conquistando o empate.

Nesse instante a classificação voltou no bolso do "Vermelho" fora que o time negri-azul uruguaio tentou sempre até com oportunidades de conquistar um gol que encaminhasse a partida nos pênaltis.

O Independiente também tentou manter o jogo sob controle e foi conseguindo. O negócio virou mais negócio ainda para os argentinos assim que o zagueiro do Liverpool, Nelson Semperena fez "carícia futebolística" em um dos atacantes do Independiente.

Segundo cartão amarelo arvorado pelo árbitro equatoriano com camisa, calção e meias amarelas ontem à noite. Nada a reclamar. Atitude sem muito senso do zagueiro uruguaio que fez uma falta desnecessária em um cantinho do gramado que não refletia risco nenhum para o gol do Liverpool e tendo onze  minutos ainda pela frente nessa de conquistar a vitória no jogo e o empate na série.

O jogo virou escalada do Everest para o time uruguaio que mesmo nesse panorama atingiu a grande área rival, as vezes com perigo.

Nessa maluquice de tocar na frente com dez jogadores descuidando a linha de fundo o encerramento da partida era fácil de imaginar....contra ataques do Independiente foram permanentes e quem sabe o último cruel para o Liverpool que sofreu o gol do Roberto Battion que tinha pulado no gramado nos últimos chutando raso rente a coluna direita do goleiro Matías Fidel Castro.

O PRAVDA agradece o Liverpool Fútbol Club de Montevidéu pelo tratamento oferecido no decorrer da Copa Sul-Americana toda, de jeito específico ao Chefe de Imprensa, Sr. Gonzalo Mattos, o Gerente Geral, Sr. Carlos Ferragut, o treinador chefe, Sr. Julio César "Tola" Antúnez e o Presidente, Sr. José Luis Palma.

Do lado do Independiente a gente agradece a Sra. Florencia Arietto.

 

Já pode conferir os vídeos das reportagens depois da partida, do Presidente do Independiente, senhor  Víctor Javier Cantero (1´03") no Hall da Arquibancada "América" descendo da vitrine que foi destinada para o time argentino rumo ao vestiário "vermelho".

Aliás, do artilheiro do Liverpool, ontem e na Copa Sul-Americana toda, (11) Carlos "Tevez" Núñez (2´52") que do jeito que acaba acontecendo em um profissionalismo "amador" vai sair além da divisa uruguaia daqui a pouco tempo.

É só acessar o link do "Sotaque Esportivo" e olhar para sua direita.

 

SOTAQUE ESPORTIVO

http://sotaqueesportivo.blogspot.com

 

Jogo: Liverpool (URU) 1 x Independiente (ARG) 2

Data: Quinta-feira 25 de Outubro de 2012.

Árbitro Central: Carlos Alfredo Arias (Equador)

Horário: 20h 15 (horário uruguaio e brasileiro de verão) (19h 15 na Argentina)

Uniformes:

Liverpool. Calção e meias, pretas. Camisa listrada vertical alternada azul e preta e números brancos.

Goleiro: Calção, meias e camisa, celestes

Independiente: Calção e meias, pretas. Camisa vermelha e números brancos 

Goleiro: Calção cinza escuro, meias e camisa, brancas.

Árbitros: Calção, meias e camisa, amarelos.

 

Escalações

 

Liverpool:

01 ) Matías Fidel Castro (Goleiro)

21 ) Andrés Rodales

03 ) Nelson Semperena

05 ) Maximiliano Arias

20 ) Maximiliano Montero

14 ) Carlos Macchi (capitão)

22 ) Lucas Tamareo

23 ) Christian Silvera

19 ) Rodrigo Aguirre

07 ) William Ferreira

11 ) Carlos Núñez

 

Plantão

12 ) Guillermo De Amores (goleiro)

24 ) Gonzalo Godoy

02 ) Marcelo Mansilla

08 ) Jonathan Barboza

16 ) Nicolás Royon

15 ) Enzo Herrera

06 ) Mauricio Felipe

 

Corpo Técnico

Treinador Chefe: Julio César "Tola" Antúnez

Assistente Técnico: Luis Barbat

Médico: Diego Aurrecochea

Gerente: Carlos Ferragut

Preparador físico: Modesto Turrén

Assistente Técnico: Fernando Gentile

Fisioterapeuta: Rodrigo De La Peña

Imprensa: Gonzalo Mattos

 

Independiente

17 ) Diego Rodríguez (goleiro)

06 ) Gabriel Valles

02 ) Cristian Tula

06) Eduardo Tuzzio

03 ) Claudio Morel Rodríguez

10) Hernán Fredes

15 ) Fernando Godoy

22 ) Fabián Vargas

23 ) Federico Mancuello

20 ) Mauro Rosales

25 ) Patricio Vidal

 

Plantão

01 ) Hilario Navarro (goleiro)

24 ) Leonel Galeano

05 ) Roberto Battion

11 ) Osmar Ferreyra

21 ) Lucas Villafáñez

19 ) Martín Benítez

09 ) Ernesto "Tecla" Farías

 

Treinador Chefe: Américo Rubén "Tolo" Gallego.

Assistentes técnicos: Enrique Borrelli e Jeremías Gallego

Preparadores físicos: Rubén Olivera e Carlos Buschizzo

O "Tolo" Gallego foi meia "roedor" da seleção argentina Campeã do Mundo na Argentina 1978. Nessa oportunidade os números das camisas argentinas, assim  como aconteceu na Copa do Mundo Espanha 1982 foram decididas pelo "azar" alfabético. Será que o Gallego foi camisa meia dúzia em 1978?

Número 1 - Norberto "Beto" Alonso (meia armador)

Número 2 - Osvaldo Ardiles (meia misto)

Número 3 - Carlos Baley (goleiro)

Número 4 - Daniel Bertoni (ponteiro direito)

Número 5 - "Pato"  Fillol (goleiro)

Número 10 - Mario Alberto "o matador" Kempes

Número 12 - Omar Larrosa (meia misto)

Número 14 - Leopoldo Jacinto Luque (centro-avante)

Número 18 - Norberto Ortiz (ponteiro esquerdo)

Número 19 - Daniel Alberto Passarela (Capitão)

Número 22 - César "Coelho" Tarantini

Foram muitas as dicas.

Lembrou o número do Américo Ruben "Tolo" Gallego agora?

 

JORNAL PRAVDA

http://port.pravda.ru/desporto

 

LIVERPOOL FÚTBOL CLUB

www.liverpoolfc.com.uy

 

CLUB ATLÉTICO INDEPENDIENTE

www.clubaindependiente.com

 

CONFEDERAÇÃO SUL-AMERICANA DE FUTEBOL

www.conmebol.com

 

Foto1: FLORENCIA_ARIETTO_SEGURANÇA_INDEPENDIENTE

 

 

Gustavo Espiñeira

Correspondente PRAVDA.ru

Montevidéu - Uruguai

 
10302
Loading. Please wait...

Fotos popular