Pravda.ru

Notícias » Desporto


Escola Censo Lisboa amplia ensino e abre cursos de cultura no Centro e na Zona Norte do Rio

28.08.2017 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Escola Censo Lisboa amplia ensino e abre cursos de cultura no Centro e na Zona Norte do Rio. 27200.jpeg

Escola Censo Lisboa amplia ensino e abre cursos de cultura no Centro e na Zona Norte do Rio

O Centro e a Zona Norte do Rio ganharam, recentemente, uma nova Escola de Artes. Serão, ao todo, 14 cursos nas áreas de teatro, dança, literatura, música, cinema e artes visuais para crianças a partir dos seis anos e adultos, com aulas nas duas unidades do Centro Universitário Celso Lisboa: Centro e Engenho Novo. E para dar início aos trabalhos, os interessados em explorar novas áreas de conhecimento e desenvolver sua veia artística já podem se inscrever nos cursos livres de Documentário, Fotografia Artística, Dança Contemporânea e Teatro para não atores.

Segundo Karina Lisboa, diretora e idealizadora da Escola de Artes Celso Lisboa, a unidade nasceu como um desdobramento do projeto "Cultura Viva", criado pela instituição há dois anos, no qual o objetivo era levar cultura e entretenimento para a Zona Norte, região que quase não oferece nenhuma opção de diversão e cultura.

- Acreditamos que é possível desconstruir a educação tradicional que conhecemos em qualquer lugar: no palco, na rua e na vida - afirma Karina, destacando que o pilar metodológico da Celso Lisboa Escola de Artes é colocar o aluno como protagonista da aprendizagem, assumindo um papel ativo no processo do conhecimento, com construção multidisciplinar e orientado para o aperfeiçoamento de competências.

A ação que se destaca no projeto é o apoio a grupos amadores de teatro, na qual a instituição oferece espaço para ensaios, além do próprio teatro, com capacidade para 80 pessoas. Com grade de programação semestral, o campus vem recebendo peças que vão desde os clássicos até o contemporâneo. E as encenações são abertas ao público, com ingressos gratuitos ou a preços populares, transformando o espaço da faculdade em uma nova opção cultural.

Aulas também acontecerão em espaços públicos

Agora, nasce a Escola de Artes Celso Lisboa, com cursos que têm como propósito alimentar a sede por novas descobertas e estimular a educação artística. A ideia não é decorar conteúdos ou métodos, mas vivenciar situações a fim de criar possibilidades dentro da realidade de cada um e de cada objetivo. A Celso Lisboa acredita que, como a arte é capaz de gerar novos pontos de vista e respostas para diferentes situações da vida, ela funciona como um dos pilares da educação e do processo de aprendizagem.

Assim, a Escola de Artes Celso Lisboa também pretende quebrar o paradigma de que uma escola necessita de espaço físico fixo para realizar suas ações. As atividades e cursos vão acontecer tanto nas duas unidades da Celso Lisboa (Centro e Engenho Novo) como também em espaços abertos e públicos.

- O professor, nesse contexto, tem o desafiador papel de hierarquizar as informações que são relevantes para a formação e desenvolvimento do aluno e estimulá-lo a chegar até o final desse aprendizado - garante Karina.

Confira abaixo o objetivo de cada curso com inscrições abertas:

Documentário

Com foco em prática na produção documental, em uma linguagem voltada para o cinema independente, ao longo do curso os alunos vão acompanhar o desenvolvimento de um projeto para a produção de um curta-documentário, além de dois microdocumentários,  para a construção inicial de um portfólio.

O curso vai oferecer ferramentas para a construção de uma narrativa e estética de documentários contemporâneos seguindo uma vertente que está em crescimento no Brasil e no mundo através de programas de incentivo à produção, festivais e oportunidades de distribuição e veiculação.

Fotografia Artística

O curso pretende preparar o aluno, de maneira teórica e prática, para produzir ensaios fotográficos artísticos e autorais, estimulando-o a apurar seu olhar sobre a fotografia e construir seu portfólio.

Pré-requisito: Comprovar curso de fotografia básica ou ter conhecimentos

equivalentes, ou seja, manusear a câmera no modo "manual". É necessário ter uma câmera digital DSLR ou Mirrorless (câmeras que permitem controle manual e lentes intercambiáveis).

Dança Contemporânea

Nesta oficina, bailarinos e atores terão um espaço para trabalhar a consciência corporal e transformar o corpo num veículo dramatúrgico. Por meio de coreografias baseadas na técnica da dança contemporânea e pesquisa de movimento a partir da expressão individual do aluno, pretende-se desenvolver um encontro do aluno com o seu corpo e sua presença cênica. 

Teatro para não atores

O curso propõe uma dinâmica para leigos interessados na área, criando uma vivência prática das técnicas teatrais que contribua no desenvolvimento de aptidões em diversas áreas fora do segmento artístico. Venha potencializar sua criatividade e descobrir as diversas possibilidades que o aluno tem com o seu corpo.

Público-alvo: curiosos pelo mundo das artes cênicas, desejando um primeiro contato com as técnicas teatrais sem a preocupação de pisar no palco.

Rodrigo Bertolucci

 

 
6430
Loading. Please wait...

Fotos popular