Pravda.ru

Notícias » Desporto


Dom Quixote reedita livro de Cândida Pinto sobre Snu Abecassis

27.02.2019 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Dom Quixote reedita livro de Cândida Pinto sobre Snu Abecassis. 30521.jpeg

Dom Quixote reedita livro de Cândida Pinto sobre Snu Abecassis

A quarta edição do livro "Snu e a Vida Privada com Sá Carneiro", da jornalista Cândida Pinto, chega às livrarias na próxima semana, numa altura em que estreia a longa-metragem sobre a vida da fundadora das Publicações Dom Quixote.

Editado originalmente em 2011, o livro revive uma das mais emocionantes histórias de amor já vividas em Portugal, uma história inspiradora interrompida apenas pelo trágico acidente/atentado de Camarate, onde ambos perderam a vida. Revivendo a história de Snu e Sá Carneiro, o leitor terá ainda a oportunidade de viajar por alguns dos capítulos mais importantes da história da democracia em Portugal, nos quais Sá Carneiro era um dos protagonistas.

A «Princesa que veio do frio», como se referiam a ela, era uma mulher obstinada, forte e cheia de vida. Fundadora das Publicações Dom Quixote, Snu criou uma linha editorial que não se cansava de enfrentar o regime com os seus famosos cadernos. A sua grande paixão desafiou todas as leis do Estado Novo, em especial a Igreja. Por ele, Snu pediu o divórcio, o que era um escândalo na época. Por Snu, Sá Carneiro abandonou um casamento ultra conservador (não conseguindo nunca o divórcio). Contra tudo e contra todos, assumiram uma união de facto, muito mal vista na época, e comportavam-se como marido e mulher. Mesmo sabendo que a sua carreira política poderia ficar ameaçada, o então primeiro-ministro não desarmou nunca, chegando a dizer inclusive em 1977 que «se a situação for considerada incompatível com as minhas funções, escolherei a mulher que amo».

Com prefácio de Hanna e António Damásio, dois grandes amigos de Snu, Cândida Pinto contou com a ajuda de amigos e familiares da dinamarquesa para escrever a biografia que sucede ao documentário emitido em 2005 e que lhe valeu o Grande Prémio Gazeta. Jornalista de rádio e televisão, Cândida Pinto é directora-adjunta de informação da RTP. . Estudou Comunicação Social no Instituto de Ciências Sociais e Políticas. Começou na rádio, primeiro na Antena 1 e depois na TSF. Fez parte do grupo fundador da SIC. A 17 de Setembro de 2001, passou a dirigir a SIC Notícias e, posteriormente foi directora-adjunta do "Expresso". Fez parte do grupo fundador da SIC onde coordenou o programa "Grande Reportagem".

 

 
2835

Fotos popular