Pravda.ru

Notícias » Desporto


Médicos dos Estados Unidos graduados em Cuba levantam a voz contra bloqueio

19.08.2017 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Médicos dos Estados Unidos graduados em Cuba levantam a voz contra bloqueio. 27145.jpeg

Médicos dos Estados Unidos graduados em Cuba levantam a voz contra bloqueio

Washington, 14 ago (Prensa Latina) Cinco graduados estadunidenses da Escola Latino-americana de Medicina em Cuba (ELAM) participarão na Jornada contra o Bloqueio 2017, que acolherá esta capital do 11 a 16 de setembro, anunciaram hoje os seus organizadores.

Dito evento, organizado por agrupamentos solidários com Cuba, centrar-se-á no impacto que tem sobre o setor da saúde o cerco de Washington, a mais 55 anos de duração e recusado pela comunidade internacional, em abrumadora maioria.

Segundo a informação conhecida por Prensa Latina, os médicos mencionados unir-se-ão a profissionais cubanos convidados ao encontro, o terceiro deste tipo.

Criada pelo Governo cubano em 1999 a raiz de uma iniciativa do líder histórico da Revolução, Fidel Castro, a ELAM tem graduado a mais 28 mil e 500 galenos de 103 países, entre eles 170 dos Estados Unidos.

Na semana anterior, a União Nacional de Enfermeiros Unidos, o sindicato maior desses profissionais registados neste país com mais 150 mil membros, ofereceu seu apoio à Jornada contra o Bloqueio.

Estamos em plenos preparativos do encontro, precisou dias atrás a Prensa Latina a coordenadora nos Estados Unidos do Comité Internacional Paz, Justiça e Dignidade dos Povos, Alicia Jrapko.

Focamos-nos neste ano no tema da saúde pois resulta um momento crítico para o setor nos Estados Unidos e achamos que Cuba pode ser um exemplo, manifestou em alusão a um contexto marcado pelas discussões no Congresso norte-americano para uma reforma sanitária.

A ideia, agregou Jrapko, é debater sobre os efeitos negativos que causa o bloqueio no país caribenho, e o impacto nos próprios estadunidenses, quem se vêem privados de aceder a serviços e tratamentos médicos cubanos contra doenças como o cancro e a diabetes.

Mesmo assim, o Comité Internacional Paz, Justiça e Dignidade dos Povos, deseja encontrar formas de trabalho conjunto entre ambas as nações para pôr fim ao cerco e apoiar a atenção médica universal dos norte-americanos todos.

Durante quase uma semana de atividades realizarão diversos eventos públicos, e membros do agrupamento e outras pessoas interessadas visitarão o Congresso...

in

 

 
2750
Loading. Please wait...

Fotos popular