Pravda.ru

Notícias » Desporto


Mais um escândalo da FIFA?

18.10.2010 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

FIFA Fair Play? Últimas alegações do escândalo inflamam o mundo do futebol


As últimas alegações de votos por dinheiro envolvendo funcionários da FIFA são, se verdadeiras, mais um lembrete de que, quando quantias chorudas e esporte se misturam, o desportivismo, o desporto e o fair play perdem todos os jogos, sendo meras palavras empregues cosmeticamente para servir como uma capa, para aqueles que fazem fortuna tornando os adeptos e o sistema em vacas leiteiras.


O último escândalo explodiu depois que o jornal britânico The Sunday Times, utilizou repórteres disfarçados alegando ser lobistas para um consórcio de empresas dos EUA desejando trazer o torneio FIFA 2018 para os Estados Unidos da América, em que armaram uma cilada, tendo como alvos Amos Adamu e Temarii Reinaldo, membros do comitê executivo da FIFA da Federação da Nigéria e Presidente da Confederação de Futebol da Oceânia.


Na operação, alegadamente, dinheiro teria sido oferecido e aceite em troca de votos a favor da "candidatura dos EUA"; no caso de Adamu, USD 800 mil para construir quatro campos de futebol na Nigéria e para Temarii, financiamento de uma academia de esportes. A reacção da FIFA: "Eles criaram um golpe, uma armadilha, licitando as pessoas a fazerem algo errado" (Chuck Blazer, membro da comissão executiva da FIFA dos EUA).
Decisão sobre Copa do Mundo em perigo?


Rússia, Inglaterra, Portugal / Espanha e Bélgica / Holanda são os restantes candidatos para a Copa do Mundo de 2018. O presidente da FIFA, Joseph Blatter, declarou que a cilada teve um "impacto muito negativo" na FIFA, que tem a opção de adiar a decisão para o local para a realização da FIFA 2018 após o prazo de 02 de dezembro.


É esta a primeira vez que a FIFA e o escândalo andam de mãos dadas? Não, não é. No ano de 2000 a FIFA atribuiu um subsídio de $471.000 do Projeto Golo para a Associação de Futebol Antigua e Barbuda para a construção de um centro de treinamento nos arredores de St. Johns. Nada foi construído e nada foi feito até 2003, quando a FA Antigua e Barbuda foi suspensa, em seguida, reinstaurada em 2004. Ainda não houve qualquer construção. Em 2005, a FIFA entregou mais US$ 503.098. Em 2008, foi relatado 1 que "dos 207 membros da FIFA, 193 foram beneficiários das 366 bolsas concedidas até agora".


Novembro de 2009. Um escândalo de apostas estalou, em que a polícia investigou endereços em toda a Europa, expondo cerca de 200 criminosos que supostamente teria subornado jogadores, árbitros e treinadores em nove países. Foi relatado na altura 2 "Cerca de 200 jogos disputados nesta temporada na Alemanha, Bélgica, Suíça, Croácia, Eslovênia, Turquia, Hungria, Bósnia-Herzegovina e Áustria estão agora sob suspeita".


2006: "Jack Warner, um dos valores mais altos e controversos da FIFA, foi repreendido após se envolver em um escândalo de ingressos da Copa do Mundo, mas escapou de qualquer ação disciplinar" 3 .


FIFA dá mais uma vez as "boas-vindas a uma investigação". Outra vez? É preciso dizer mais?

1 http: / www.sportingo.com/football/a10837_fifa-cash-scandal-millions-allotted-goal-project-schemes-that-never-materialise /
2 http: / / www.soccerway.com/news/2009/November/23/fifa-call-crisis-talks-after-qualifiers-betting-scandal/
3 http: / www.independent.co.uk/sport/football/news-and-comment/fifa-vicepresident-escapes-action-over-ticket-scandal-427345.html /


Timothy BANCROFT-HINCHEY

PRAVDA.Ru 

 
3860
Loading. Please wait...

Fotos popular