Pravda.ru

Notícias » Desporto


O novo treinador da seleção russa não vai morar no país

18.04.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Serguéi Kapkov, vice-presidente da UFR, informou a agência oficial russa "Itar-Tass" que Hiddink pretende dedicar uns 50 dias do ano com concentrações da seleção da Rússia. Segundo Kapkov, que também é deputado no parlamento russo e presidente da fundação sem fins lucrativos "Academia Nacional de Fetebol", sempre que Hiddink for a Rússia estará acompanahdo pela sua esposa.

O novo treinador da Rússia pretende acompanhar, nos fins-de-semana, as partidas válidas pelo campeonato nacional deste país. A Liga russa conta com 16 clubes, sendo que seis são de Moscou e os outros ficam distribuídos por dez cidades diferentes. Um problema que Hiddink deve ter para acompanhar o Campeonato Russo são as longas distâncias. Em uma delas, entre San Petersburg e Vladivostok, cidades que têm equipe na competição, o técnico terá que percorrer sete mil kilômetros.

O vice-presidente da UFR confirmou que, de acordo com o contrato com a UFR, Hiddink ganhará 2 milhões de euros líquidos ao ano - valor já com a dedução do imposto sobre a renda, que na Rússia é de 13%.

Segundo "Último Segundo"

 
1175
Loading. Please wait...

Fotos popular