Pravda.ru

Notícias » Desporto


Violência no Iraque deixa quase 3,2 milhões de deslocados

15.09.2015 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Violência no Iraque deixa quase 3,2 milhões de deslocados. 22935.jpeg

O número de pessoas deslocadas pela violência no Iraque aumentou para 3,182,736 pessoas, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Um total de 530,456 famílias foram forçadas a fugir de suas casas desde janeiro de 2014 a 27 de agosto de 2015, indicou no domingo IOM.

A fonte detalhou que 87 por cento pertence a três províncias: Al-Anbar (oeste) para 1,33 milhões (42 por cento), Nineveh (norte), com 1.010 mil deslocados (32 por cento) e Salah al-Din (centro), com 407.142 deslocados (13 por cento).  I

OM acrescenta que, em Al-Anbar, onde o grupo terrorista Daesh tem várias regiões sob o seu controle, mais de meio milhão de pessoas fugiram de suas casas para outras áreas na mesma província desde abril de 2015.

Desde o início da crise desencadeada por Daesh no Iraque em junho de 2014, o número de deslocados internos está aumentando neste país.

Enquanto  em dezembro 2014, havia dois milhões de pessoas deslocadas,  o número chegou a 2,6 milhões em fevereiro 2015,  mais de 2,8 milhões em maio  e  três milhões, em junho  deste ano.

Além disso, a OIM informa que  350.000 iraquianos deslocados regressaram às suas casas em Salah al-Din, especialmente na sua capital,  Tikrit, em março passado.

Território iraquiano é palco de atos terroristas e desestabilizadores, caracterizando o Daesh, que se infiltrou desde junho 2014 no Iraque, depois que foi reforçado pelo apoio de alguns países ocidentais e regionais, que exploram o terrorismo para derrubar o presidente sírio, Bashar al-Assad.

Com milhares de membros regionais, europeus e americanos, Daesh está a cometer vários crimes contra a humanidade na Síria e no Iraque, incluindo  execuções sumárias  e  sequestros em massa.

Fonte:

in

 

 

 
2347
Loading. Please wait...

Fotos popular