Pravda.ru

Notícias » Desporto


Manchester United contra o Barcelona

10.04.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Manchester United venceu a Roma, por 1-0, em jogo da segunda mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões. Os «red devils» passam à fase seguinte, com um resultado agregado de 3-0, e vão defrontar o Barcelona, que derrotou o Schalke 04.

Os ingleses já traziam uma confortável vantagem do encontro em Itália (2-0), o que fez com que Alex Ferguson fizesse cinco alterações no onze. Em relação ao empate frente ao Middlesbrough, saíram Cristiano Ronaldo, Rooney, Evra, Scholes e OShea, entrando Pique, Silvestre, Ji-Sung Park, Anderson e Hargreaves. Nani continua a recuperar de lesão, pelo que não foi opção.

A Roma continua sem Totti, mas «recuperou» Juan e Perrotta. Antunes não foi opção para Spalletti.

A primeira parte foi mais animada, com o ManUtd a entrar forte. Os «red devils» foram a equipa mais perigosa, até aos 28 minutos, altura em que Brown fez falta na área sobre Mancini. De Rossi foi chamado a cobrar e atirou por cima. A grande penalidade falhada não desanimou os romanos que, pelo contrário, procuraram subir mais no terreno e marcar em Old Trafford.

Rio Ferdinand terminou a primeira parte em dificuldades, na sequência de uma mazela contraída no encontro com o Boro. O defesa ressentiu-se, mas continuou em campo.

Aos 69 minutos, Tevez «mergulhou» para o golo. A jogada começou e terminou no argentino, que combinou bem com Hargreaves. O tento colocou o resultado em 3-0, pelo que Alex Ferguson acabou por fazer descansar Cristiano Ronaldo. O português ainda realizou exercícios de aquecimento, mas acabou por não entrar.

Destaque para os regressos à competição de Silvestre, que esteve afastado durante seis meses e cumpriu os 90 minutos, e ainda para a entrada de Gary Neville, aos 80 minutos. O defesa recebeu a ovação da noite. O que se percebe, já que o internacional inglês está no clube desde 1992 e esteve mais de um ano sem competir. Ferdinand acabou por passar-lhe a braçadeira de capitão, um acto carregado de simbolismo, pelo peso de Neville no clube.

Ninguém ganha em Old Trafford, para as competições europeias, desde 2005. O ManUtd ainda não perdeu nesta edição da Liga dos Campeões, assim como o seu adversário nas meias-finais, o Barcelona escreve  Portugal Diário. 

 
2315
Loading. Please wait...

Fotos popular