Pravda.ru

Notícias » Desporto


UEFA 2008: Portugal 2 Turquia 0

07.06.2008 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Duas bolas no poste, uma na barra, dois golos marcados, zero sofridos. Pepe teve um golo anulado na primeira parte, mas compensou no segundo, com um golo aos 61’. Meireles fechou o marcador no último minuto do jogo, completamente dominado pela selecção das quinas.

A primeira parte mostrou um Portugal com garra e com vontade de resolver este primeiro jogo o mais cedo possível. Os seus 7 cantos contra 2 da Turquia são testemunho disso. Os primeiros dez minutos viram o excelente Bosingwa e Cristiano Ronaldo a rematarem ao lado, enviando uma mensagem ao guarda-redes turco Demirel que teria muito trabalho esta noite. Aos 16’, Pepe introduziu a bola na rede, mas foi julgado fora de jogo.

Os turcos não conseguiram impor-se no jogo, em que todos os sectores da equipa de Scolari se mostraram bem organizados. Aos 27’, depois de uma falta por Mevlut Erdinç sobre Deco, Simão Sabrosa rematou ligeiramente por cima da barra. O grande momento do jogo seguiu aos 36’, quando Cristiano Ronaldo, de livre, enviou a bola para o canto da baliza, batendo no chão frente ao Volkan Demirel, mas o guarda-redes turco conseguiu empurrá-la para o poste.

Na segunda parte, pouco mudou. Deco continuou a desferir toques de mestre, galvanizando seus colegas e aos 50’, o capitão Nuno Gomes enviou a bola ao poste; aos 55’ Ronaldo viu seu remate agarrado por Demirel, já no chão; aos 58’, Moutinho fez um belo remate, de longe, que saiu um pouco por cima da barra.

Turquia, jogando em bloco no centro do campo e apostando só no contra-ataque, tentou reagir. Em cima da hora, Tuncay Sanli rematou ao lado de longe mas a reacção pouco tempo durou.

Aos 61’, Pepe (brasileiro de nascimento, naturalizado português, como Deco) recebeu a bola no centro, fez a tabelinha com Nuno Gomes e rematou para o fundo da baliza. Aos 65’, Nuno Gomes teve outro encontro com a madeira, desta vez a barra.

Turquia despertou um pouco e aos 82’, Emre Asik cabeceou ao lado na sequência de um dos três cantos ganhos pela sua equipa nesta parte. Portugal voltou à carga e Vulcan Demirel fez bem em agarrar um remate de longe do colega de equipa de Cristiano Ronaldo na Manchester United, Nani. Apesar da sua nítida superioridade, Portugal quase deixou a Turquia empatar, mas Tuncay Sanli conseguiu falhar o alvo, depois de se encontrar a oito metros da linha de golo frente à baliza.

O portista Raul Meireles, substituindo o fantástico Deco, que parece ter acordado de uma temporada menos brilhante no FC Barcelona, duplicou o marcados aos 92’, depois de uma jogada envolvendo Cristiano Ronaldo (capitão depois da saída de Nuno Gomes) e João Moutinho, que atraiu a defesa turca e fez o passe de morte.

Olga KUZNETSOVA

PRAVDA.Ru

 
2826
Loading. Please wait...

Fotos popular