Pravda.ru

Notícias » Desporto


Basquete – Liga sul-americana

05.03.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

OLIMPIA ( URUGUAI ) 90 x UBERLANDIA ( BRASIL ) 71

LIBERTAD ( ARGENTINA ) 121 x UNIVERSIDAD CONCEPCIÓN ( CHILE ) 85

Com estes resultados confirmaram sem mais duas partidas para a próxima fase da Liga.

FRANCA ( BRASIL ) – OLIMPIA ( URUGUAI )

LIBERTAD ( ARGENTINA ) – MALVÍN ( URUGUAI )

No terceiro dia da Sede Montevidéu da Liga Sul-Americana, os argentinos de Libertad de Sunchales confirmaram o primeiro lugar (que já tinham ganho no segundo dia ) perante os chilenos da Universidade de Concepción, sem chances de continuar no torneio.

Porém jogaram sem se-esforçar muito. Deste jogo consegue-se salientar o resultado só.

Libertad 121 x Universidad de Concepción 85.

Na partida que os amadores do basquete esperavam, uruguaios e brasileiros mostravam seus estilos próprios num jogo sempre especial deste desporto.

Os uruguaios sempre “brigaram” com a lógica sinão teria sido impossível concretizar fazanhas históricas ou também perder partidas perante o último dum torneio.

Com “moradia” num continente com vizinhos argentinos e brasileiros, Uruguaai adora se encontrar com os grandões pois o sangue fica fervente tendo como alvo adoçar sua história.

Fora a condição da anfitrião do Olimpia, alguém acreditaria numa equipa uruguaia com população 3.300.000 perante o grande Brasil com “apenas” 180 milhões, com as possibilidades de escolha que esses números exprimem ?

Sem exagero, numa cabeça maluca só !!!

No basquete escreve-se uma nova página no pulo de início de cada jogo do jeito que aconteceu no decorrer dos dias da Liga Sul-Americana na Sede de Montevidéu no Ginásio “Albérico Passadore” do bairro Villa Colón.

Uma dúzia de pessoas foram as que abriram o jogo na hora “H” para Olimpistas e azuis de Minas Gerais.

Uberlandia: 5 ) Hélio, 8 ) Patrick, 9 ) Valtinho,14 ) Charlie e 15 ) Robert Blackwell.

Os cinco Olimpistas foram: 2 ) Nathan Mielke, 4 ) Mauro Tornaría, 9 ) Alejandro “Pepusa” Pérez, 11 ) Pablo Rak e 53 ) Newsome.

Os árbitros: David Pappo ( Venezuela ) e Rodrigo Mejía ( Colombia ).

A partir do primeiro quarto o Olimpia maquiou-se de vencedor conseguindo uma diferença de dez pontos (22-12) com 1´ 46´´ na frente.

No final deste quarto os visitantes monstraram-se melhores diminuindo a vantagem para 4 pontos, 22-18.

Com o resultado 27-18 tendo andado apenas 1´53´´ do segundo quarto no garrafão brasileiro começaram escorregar alguns jogadores das duas equipas provocando quedas, empurrões, conversas e caras-fechadas.

Após esse instante Olimpia continuou acrecentando a diferença com um grande apoio da torcida que começou jogar sua partida. A faixa máxima foi de 21 pontos 50-29 só que o Cambraia com arremesso de três pontos fechou a primeira metade 50-32.

O começo do terceiro quarto monstruo o Unitri-Uberlandia com mais “vontade” de dar uma virada no resultado.

Quartorze foi a mínima vantagem dos uruguaios (63-47) tendo 2´50´´ até o final do quarto.

Do lado do plantão local e da mesa de trabalho do PRAVDA, houve mais um probleminha que deram início o Valtinho ( Uberlandia ) e Tornaría ( Olimpia ) nos 38´48´´ da partida.

Por causa disso foram expulsos o Valtinho e Pablo Rak que ficou tentando que o probleminha não continuasse piorando.

Infelizmente para ele acabou sendo a vítima do jeito que quase sempre acontece nestas “brigas desportivas” pois seja qual for o responsável os árbitros acabam-se lavando as mãos dando uma de diplomata enviando um de cada para os vestiários.

O final do terceiro quarto fechou as portas 73-53.

No quarto final Olimpia garantiu a máxima de 22 pontos 82-60 nos 34´.

Na hora que o Uberlandia começou perceber que a partida é sua classificação estava indo embora para o lado dos uruguaios, foi com extrema vergonha e qualidade que o Robert Blackwell vestido de carro-chefe levou a diferença para 15 pontos ( 84-69 ) com 1´59´´ para o final.

O ponto de inflexão teria sido uma cachoeira de arremessos de três pontos dos azuis que nunca chegaram nas redes nos últimos dois minutos porém a vitória foi com extrema justiça para o Olimpia, conquistando o objetido da classifição para quartos da Liga.

Olimpia fica no aguardo do Franca de São Paulo – Brasil, que ficou primeiro na serie de Franca matando as ilussões do uruguaio Malvín que perdeu a única partida perante o local 74-64 no finalzinho mesmo do jogo.

O marcador final da partida foi:

Olimpia 90 x Unitri-Uberlandia 71.

Após o final da partida e numa ceremonia simples no círculo da metade da cuadra o conhecido apresentador Alberto Sonsol disse os mehores da Sede Montevidéu.

Melhor Jogador: Cleotis Brown ( Libertad )

Melhor nos garrafões: Nathan Meikle ( Olimpia )

Melhor passador: Valtinho ( Unitri-Uberlandia )

Cestinha: Cedric Moodie ( Universidad de Concepción )

Fair Play: Universidad de Concepción.

Pela primeira vez na história da Liga Sul-Americana, duas equipas uruguaias passaram nos quartos e vão receber brasileiros e argentinos nas primeiras partidas para logo viajar para Argentina e Brasil na procura de ganhar mais uma partida cada garantindo o passe nas Semis.

Pela vantagem obtida em Montevidéu e Franca, Libertad ( Argentina ) e Franca ( Brasil ) levam vantagem na hora de fechar os jugos em casa perante os uruguaios.

Poderiam acontecer duas ou três partidas no máximo.

Correspondente PRAVDA

Gustavo Espiñeira

Montevidéu – Uruguai

 
5865
Loading. Please wait...

Fotos popular