Pravda.ru

Notícias » Desporto


Resumo do EURO 2004

04.07.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O EURO 2004 foi uma festa muito democrática de futebol, com os pesos-pesados a saírem mais cedo que o esperado e duas equipas estriando-se numa final. Portugal conseguiu esquecer-se dos problemas políticos durante quase um mês e vive agora a euforia de ter estado pela primeira vez numa final.

Foi merecido, da maneira que esta equipa forjada pelo brasileiro Luiz Filipe Scolari entrou no jogo com confiança e garra, praticando um futebol atacante mas demonstrando rigor defensivo. No entanto, quem consegue jogar contra a super-organizada Grécia?

Se a passagem de Portugal para os quartos-de-final não era surpresa no Grupo A, a passagem da Grécia, ao custo da Espanha, foi. Rússia mostrou que está a construir uma equipa excelente mas ainda não conseguiu impor-se nesta competição.

Como esperado, Inglaterra e França deixaram por trás Croácia e Suiça no Grupo B e no Grupo C, Suécia foi acompanhada na passagem por Dinamarca e não a Itália. Alemanha nunca conseguiu entrar no seu jogo habitual no Grupo D e deixou que a Holanda passasse, juntamente com a excelente equipa checa.

Dois dos quartos-de-final acabaram em penáltis (Portugal e Holanda vencendo Inglaterra e Suécia), enquanto os gregos e checos demonstraram por que razões não foram eliminados na primeira fase. O tira-teimas foi vencido pelos gregos na semi-final (1-0), enquanto Portugal se impôs frente a Holanda no outro jogo (2-1).

Curiosamente, o EURO 2004 terminou com as mesmas duas equipas que deram o ponta-pé de saída em 12 de Junho (Portugal 1 Grécia 2)…e terminou de forma igual.

Parabens a Portugal por três semanas de festa e duma organização excelente. Não poderia ter sido melhor.

Aleksei FEDEROV PRAVDA.Ru

 
1787
Loading. Please wait...

Fotos popular