Pravda.ru

Notícias » Desporto


Diego Aguirre cumprimenta Pravda

01.06.2011 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Peñarol 1 X Velez 0 - DT Diego Aguirre cumprimenta o Pravda num vídeo

Diego Aguirre cumprimenta Pravda. 15100.jpeg65 mil pessoas, lotaram o Estádio Centenario de Montevidéu na Quarta, 26 de Maio às 21:50 h para assistir à vitória do Peñarol 1 x 0 perante o melhor time argentino hoje, o Velez Sarsfield.do bairro Liniers de Buenos Aires. Uma cabeçada do veterano Darío Rodríguez acabou carimbando o triunfo jalde-preto no final da primeira metade. Os foguetes fizeram que o início da partida fosse adiado alguns minutos pelo árbitro paraguaio Carlos Amarilla até a cortina de fumaça sumisse.

Tudo nasceu numa noite fria e inesquecível para os jogadores do Peñarol que receberam uma bem-vinda incrível, quem sabe a maior no histórico do Estádio Centenario. Com certeza muito teve a ver a noite e a época do ano para que os foguetes jogados pelos torcedores do Peñarol desde as quatro arquibancadas tivessem coberto ao mítico estádio montevideano com uma cortina de fumaça e cheiro de pólvora. Até hoje, ao meu ver, a maior tinha sido  o dia 5 de agosto de 1980, assim que o Nacional de Montevidéu pulou no gramado na Final da Libertadores desse ano perante o Internacional de Porto Alegre do Paulo Roberto Falcão, Jair Gonçalvez Prates, Mauro Galvão e o careca barbudo Zé Sérgio. O primeiro jogo no Beira-Rio foi empate 0 x 0 e os torcedores tricolores montevideanos trouxeram nem só o empate no Bolso senão uma artilharia incrível de foguetes que logo exibiram aquele 5 de agosto. Com gol do centroavante, Waldemar Vitorino, tio do atual zagueiro uruguaio do Cruzeiro de Belo Horizonte, Mauricio, conquistou naquela data a segunda Taça Libertadores.

Então, até essa data, o Estádio Centenario tinha tido a maior bem-vinda, no mínimo noctívaga por conta do Nacional. Em 2011, na Quinta 26 de Maio, a história deu uma virada nessa "luta" eterna dos dois "grandões" uruguaios pela liderança em tudo.

Uns 3 mil torcedores do time conhecido como "O Fortín" cantaram e pularam quase a noite toda e junto com a gritaria das outras 62 mil pessoas, torcedoras do Peñarol, garantiram um espetáculo maravilhoso no primeiro mata-mata de uma das duas Semis da Taça Libertadores 2011 tendo ao Peñarol mais uma vez nessa fase, com mais vitórias do que derrotas que o fizeram progredir mais um degrauzinho até conquistar cinco canecos.

Quanto ao jogo, típico de um time argentino com toque de bola preciso e um time uruguaio com raça que acaba roendo cada bola que fica de perto e caso estiver longe acabam dando um pulo até lá.

Tratou-se de uma partida que acabou não sendo uma "briga" típica das Semis de uma Taça Libertadores pois mesmo tendo muita marca não houveram faltas dessas que provocam a reclamação do torcedor desde a arquibancada.

O Controle Antidopagem mais uma vez foi sorteado do lado do campo no eixo do minuto 75, por conta dos delegados e médicos dos dois times e os médicos uruguaios, José Veloso e Gonzalo Gaiero Genta.

O vestiário do Peñarol, alguns minutos depois do jogo teve a visita do ex craque argentino, Santiago "Indiecito" Solari pois foi parte dessa turma faz ano e tanto. Ninguém cobrou pedágio para ele na hora de pular dentro do vestiário jalde-preto.

Quinta, 26 de Maio de 2011.

Horário: 21:50.

Clima: Frio. Temperatura no eixo dos 13ºC.

Estádio Centenario de Montevidéu.

Lotação: 60 mil pessoas.

Árbitros: Carlos Amarilla (central).

Uniforme: Camisa vermelha; Calção e meias pretas.

ESCALAÇÕES

PEÑAROL: (01) Sebastián Sosa (Goleiro); (04) Alejandro González; (23) Carlos Valdez; (22) Dario Rodríguez; (15) Matías Corujo; (05) Nicolás Fleitas; (14) Luis Aguiar; ()  (18) Matías Mier, (19) Juan Manuel Olivera e (10) Alejandro Martinuccio.

PLANTÃO: (12) Fabián Carini (goleiro); (03) Emilio Mac Eachen; (08) Antonio Pacheco (Capitão); (09) Diego Alonso; (11) Fabián Estoyanoff;  (24) Emiliano Albin e (25) Nicolás Domingo

Treinador Chefe: Diego Vicente Aguirre. Treinador Adito: Edison Machín; Treinador de goleiros: Enrique Carrera. Preparador Físico: Fernando Piñatares. Médico: Alfredo Rienzi. Kinesiologo: Germinal López e Miguel Domínguez. Roupeiros: Jorge Delgado e Pablo Méndez.

Uniforme: Camisa listrada vertical amarela e preta alternada. Calção preto e meias amarelas. Números brancos. Goleiro. Camisa verde fluo, número preto e calção preto e meias amarelas.

VELEZ SARSFIELD: (01) Marcelo Barovero (goleiro); (03) Emiliano Papa; (05) Fabián Cubero; (06) Sebastián Domínguez, /07) Juan M. Martínez, (11) Ricardo Álvarez; (16) Víctor Zapata; (17) Franco Razzotti, (19) Fernando Ortiz e (23) Santiago Silva.

Uniforme: Camisa, calção e meias brancas com o "V", quase logomarca do Velez Sarsfield da cor azul no peito da camisa. Número azuis. Goleiro. Camisa cinza e o "V" Azul no tórax. Calção preto.

O primeiro tempo foi muito bom com grandes destaques que foram os goleiros dos dois times...além disso houve outros lances que só olharam a bola sair mas poderiam ter sido gols. Ótimo primeiro tempo decaindo na segunda metade na hora que o Peñarol acho que o negócio era bem bom e o Velez....também confirmou essa hipótese.

GOL: Octavio Darío Rodríguez Peña - Cabeçada com o parietal direito após escanteio chutado pelo meia-armador Luis Aguiar desde o corner da faixa direita do ataque do Peñarol. Foi encima dos 44´30", quase com o apito final da primeira metade do paraguaio Carlos Amarilla, negócio que foi marcante para o resto do jogo.

15´- O lateral direito do Peñarol, Alejandro González, ganhou cartão amarelo.

42´- Cartão amarelo para o (07) Juan Martínez (V. S.)

57´- Alteração Peñarol - Pulou em campo (11) Fabián Estoyanoff x (15) Matías Corujo

66´- A torcida do Velez Sarsfield reclama pênalti pois acha que o zagueiro esquerdo e careca do Peñarol, Guillermo Rodríguez empurra um atacante dentro da grande área...quase fora...poderia ter sido apitado sem problemas.

67´- Cartão amarelo (14) Luis Aguiar (Peñarol) e mais uma jogador do Velez.

75´- Alteração no Velez S. pulando em campo o (18) David Ramírez indo para o plantão o (07) Juan M. Martínez.

80´- Altera♪5ão no Velez S. pulando no gramado o (24) Ivan Bella deixando a vaga o (18) David Ramírez

82´- Alteração no Peñarol pulando no gramado o (09) Diego Alonso deixando a vaga o artilheiro do Peñarol na Libertadores (19) Juan Manuel Olivera.

82´- Alteração no Velez S. pulando em campo o (13) Guillermo Franco deixando a vaga o (23) Santiago Silva.

O segundo jogo do mata-mata uruguaio-argentino das Semis da Libertadores 2011 vai acontecer no Estádio "José Amalfitani" de Buenos Aires na Quinta 2 de Junho. O estádio foi inaugurado o dia 11 de Abril de 1943 e tem lotação para 49.747 pagantes. O time argentino foi fundado o 1º de Janeiro de 1910. Por enquanto, o Peñarol vai comemorar 120 anos na Quarta 28 de Setembro deste ano 2011. O Campeão Sul-Americano do Século XX, Peñarol, está querendo começar escrever uma outra página histórica já no início do segundo decênio do Século XXI dando uma virada nas páginas bem fracas do time nos primeiros dez anos até a chegada do Diego Aguirre com o uniforme de treinador.

Focados na história dos confrontos entre os treinadores do Peñarol (Diego "A Fera" Aguirre) e Velez Sarsfield (Ricardo "O Tigre" Gareca), o primeiro rounde como centroavantes do Peñarol e o América de Cali da Colômbia foi para o uruguaio que venceu na terceira Final de América no Estádio Nacional de Santiago de Chile, no finalzinho de Outubro de 1987 de 1 x 0 com gol, por incrível que pareça do Diego Aguirre quanto o ponteiro do relógio já batia forte.

Além da matéria que acabou de ler, pode mergulhar no vídeo das reportagens gravadas pelo PRAVDA na Rodada Coletiva de Imprensa do Peñarol após o jogo. O conteúdo é o seguinte: Filmagem dessa fumaça que houve no Estádio Centenario junto as reportagens do repórter da SPORTV - REDE GLOBO BRASIL, Edgar Alencar, o treinador do Peñarol, Diego "A Fera" Aguirre,, o lateral direito, Alejandro González, o volante esquerdo, Matías Mier, o meia Nicolás Fleitas e no finalzinho o treinador Aguirre cumprimentando o JORNAL PRAVDA já saindo da coletiva.

São 10´31" lotados de reportagens com legendas em castelhano para os nossos leitores "derem um jeito".

SOTAQUE ESPORTIVO

http://sotaqueesportivo.blogspot.com/

O PRAVDA agradece como sempre aos Sres. Ruben González (Chefe) e Gonzalo Massa na AUF que fornecem o ingresso para o jornal nos jogos internacionais que acontecem em Montevidéu. Isso faz possível matérias e reportagens desde os vestiários.

Alguns sites de interesse de olho neste jogo:

Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL)

www.conmebol.com

Associação Uruguaia de Futebol

www.auf.org.uy

Associação do Futebol Argentina

www.afa.org.ar

Club Atlético Peñarol

www.capenarol.org

Club Atlético Velez Sarsfield

www.velezsarsfield.com.ar

Aeropuerto Internacional de Carrasco - Montevidéu

www.aic.com.uy

Aeropuertos Argentina 2000

www.aa2000.com.ar

Terminal Rodoviaria "Tres Cruces" - Montevidéu

www.trescruces.com.uy/terminal.html

Terminal Rodoviario "Retiro" - Buenos Aires

www.tebasa.com.ar

Gustavo Espiñeira

JORNAL PRAVDA

Montevidéu - Uruguai

 

 

 

 
11895
Loading. Please wait...

Fotos popular