Pravda.ru

Notícias » Timor Leste


Timor Loro Sae: Milicias processados por crimes em 1999

07.11.2002 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Os primeiras acusações contra oficiais do exército indonésio foram feitas por involvimento nos crimes cometidos em 1999 por milícias pro-integração, de acordos com fontes na Missão de Apoio da ONU em Timor Leste (UNMISET).

As fontes na UNMISET declararam na quarta-feira que os processos foram registados na Secção para Crimes Graves no Tribunal Distrital de Dili. Uma crime refere-se a actos cometidos por cinco membros da milícia Mahadomi no Distrito de Manatuto em 1999. Um dos cinco acusados é e antigo chefe distrital, fundador e comandante desta milícia.

Nos processos, há 13 acusações de crimes contra a humanidade, incluindo assassínio, tortura, aprisionamento ilegal, perseguição e deportação, cometidas em Manatuto entre Maio e Outubro de 1999. Acredita-se que os cinco acusados estão a viver na Indonésia.

Outro processo vida dois oficiais do exército indonésio, membros da Batalhão 745 que estava estacionada no Distrito de Lautem em 1999. Um dos acusados foi o Comandante da Batalhão. Neste processo, há 17 acusações de crimes contra a humanidade, incluindo 14 de assassínio. A Batalhão é acusada de ter assassinado 21 civis Timorenses em Setembro de 1999.

Lao MENDES PRAVDA.Ru DILI TIMOR LORO SAE

 
1296
Loading. Please wait...

Fotos popular