Pravda.ru

Notícias » Timor Leste


Campanha eleitoral no Timor Leste é acompanhada por violência

05.04.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Campanha eleitoral no Timor Leste é acompanhada por violência

A campanha eleitoral no Timor Leste é acompanhada por  violência. Um incidente, antes de um comício, deixou 33 feridos, entre eles um bebê, em Díli, nesta quinta-feira, 5.

Militantes de partidos políticos e do Partido Democrata (PD), do candidato à Presidência Fernando de Araújo, apedrejaram um comboio eleitoral do Fretilin, antes de um comício do candidato presidencialista, Francisco Guterres Lu Olo.

Arsênio Bano, porta-voz e membro do Comitê Central e da Comissão Política Nacional do Fretilin, qualificou os incidentes de "inaceitáveis". Bano informou que "todos os candidatos presidenciais assinaram um código de conduta para fazer destas eleições um processo não violento".

Segundo Bano, não houveram provocações anteriores ao incidente. O porta-voz informou que os seguidores do Fretilin foram a um comício em apoio do candidato presidencialista, Francisco Guterres Lu Olo, quando foram apedrejados.

"É desalentador que dirigentes do PD, ASDT (Associação Social Democrática do Timor) e UDT (União Democrática Timorense) não façam um trabalho melhor para conter seus seguidores", considerou Bano.

Duas pessoas envolvidas nos ataques ao Fretilin foram detidas pelas forças de segurança das Nações Unidas.

De acordo com Bano, além da bebê, que levou uma pedrada na cabeça, outras três pessoas tiveram de ser internadas na unidade de cuidados intensivos por causa dos ferimentos.

"Nosso comício foi totalmente pacífico, mas nossos seguidores foram atacados em uma tentativa de provocar uma reação e expandir a situação. Um pequeno grupo de nossos seguidores foi forçado a atuar em defesa própria", disse Bano à imprensa local. 

 
1885
Loading. Please wait...

Fotos popular