Pravda.ru

Notícias » São Tomé


Resultados Provocam Reações Acesas

30.03.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A coligação MDFM/PCD já reivindica vitória a partir das projecções preliminares tiradas com base nas contagens dos votos por ocasião do fecho das urnas. Em conferência de imprensa, a coligação MDFM/PCD já se sente governo, dizendo que ganhou estas eleições com 22 mandatos, contra 20 do MLSTP/PSD, 12 do ADI e um do movimente Novo Rumo.

A coligação MDFM/PCD vai mais longe, dizendo que conseguiu 5 deputados em Agua Grande (maior distrito do país), 7 em MÉ Zóchi (segundo maior), 3 deputados em Canta galo, 3 em Lobata, 2 em Lembá, 1 em Caué e 1 na região autónoma do Príncipe.

Mas a Comissão Eleitoral Nacional, CNE, não confirma estes dados e diz ser prematuro cantar já a vitória quando ainda faltam votar mais de 9000 eleitores que promoveram barricadas este domingo e boicotaram as eleições, reivindicando o abastecimento de água potável, energia e estradas.

No próximo domingo, 2 de Abril, mais de 9 mil eleitores vão votar e há mais de 8514 votos por apurar. E isso torna impossível o presidente da Comissão Eleitoral Nacional, José Carlos Barreiro, avançar com dados fiáveis sobre as eleições do último domingo. Entretanto, o líder do MLSTP/PSD, Guilherme Posser da Costa num primeiro pronunciamento feito sobre os escrutino de domingo, já veio dizer que ainda está tudo em aberto.

“Nós neste momento não temos resultados definitivos. Como sabem, há circunscrições em que não puderam ser realizadas as eleições, nomeadamente em Agua Grande, Mé Zóchi e em Canta galo e temos cerca de 6000 eleitores que ainda não votaram. Neste momento é o número oficial que temos e acreditamos que o número ainda possa ser maior e isso ainda poderá modificar os resultados favoravelmente para o MLSTP”, disse Posser da Costa.

Relativamente ao anúncio de vitoria da coligação MDFM/PCD o presidente dos sociais democratas disse que “nós estamos confiantes, as eleições terminarão quando votar o último cidadão eleitor e nessa altura nós daremos uma conferência de imprensa relativamente aos resultados das eleições, porque o povo é soberano e ainda não decidiu em definitivo. Dai que toda e qualquer proclamação de vitória, para nós será uma manipulação política”.

Para Patrice Trovoada, o ADI foi o único, nestas eleições, que conseguiu progredir em termos de votos. Recorda que o seu partido tinha em 2002 cinco deputados e agora com estas eleições ascende para 12 assentos parlamentares.

“O ADI consegui convencer uma parte substancial do eleitorado e acreditamos que temos alguma legitimidade agora para poder implementar, na medida do possível o nosso programa”, disse Patrice Trovoada, sublinhando que não havendo nenhuma maiorias claras ou nenhuma força com maiorias absolutas, nós consideramos que agora é da responsabilidade de todos os partidos políticos procurarem uma solução que possa garantir ao país a estabilidade indispensável para o desenvolvimento de S. Tomé e Príncipe”.

O movimento Novo Rumo decidiu, entretanto, impugnar os resultados destas eleições. Na perspectiva do líder movimento que obteve apenas um deputado para este mandato, estas eleições foram, viciadas pelas ofertas de bebidas, peças de vestuário, dinheiro e material duradoiro, pelo que os seus resultados não reflectem a consciência dos cidadãos. Por isso requereu ao tribunal constitucional a “declaração de nulidade da votação em todas as assembleias de voto”. Suahills Dendê Pravda.ru STP

 
3496
Loading. Please wait...

Fotos popular