Pravda.ru

Notícias » São Tomé


FEDERAÇÃO SANTOMENSE DE FUTEBOL AMEAÇA CORTAR RELAÇÕES COM O COMITÉ OLÍMPICO

26.10.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Este justifica o facto com a recusa do presidente da federação de futebol em aceitar o seu convite para mediar o conflito que envolve actualmente a FSF e cinco clubes de futebol que foram despromovidos a segunda divisão.

João Costa Alegre disse que constitui agravante para a situação de Manuel Dênde, três ausências consecutivas nas reuniões extraordinárias do Comité Olímpico e recorre aos estatutos para afirmar que o processo disciplinar que corre contra o presidente da FSF “pode terminar com advertência, suspensão ou mesmo expulsão”.

Mas Sabino Santos, vice-presidente da federação são-tomense de futebol para património já veio a publico dizer que o COSTP não tem poderes para expulsar Manuel Dênde e que o seu presidente carece de inteligência, humildade e isenção, tendo usado uma linguagem leviana e deselegante que levam a FSF a repensar no seu relacionamento com o comité olímpico.

Entretanto, o vice-presidente da federação são-tomense de futebol para o sector do património, Sabino Santos, reagiu estas declarações de João Costa Alegre. Para Sabino Santos “a forma como o presidente do comité olímpico nacional tentou passar a mensagem, deixa a sensação de que o comité olímpico tem poderes para suspender ou expulsar Manuel Dênde.

E sublinha que “quem se predispõe a mediar um conflito – se é que ele existe – tem que ter primeiro uma postura de inteligência, humildade e isenção. Nós lamentamos a forma deselegante e muito leviana como ele se expressou.

Lamentamos porque o relacionamento entre o comité olímpico e a federação são-tomense de futebol eram das melhores, e não é por acaso que o presidente da federação é terceiro vice-presidente do comité olímpico. Mas a atitude do senhor João Costa Alegre faz-nos, de facto, repensar o nosso relacionamento com o comité olímpico”.

Sabino lembrou que quem sancionou, os cinco clubes com o castigo máximo a despromoção a segunda divisão, não foi o presidente da modalidade, mais sim, o concelho de disciplina da federação de futebol.

“Nós limitamos a cumprir a decisão do conselho de disciplina de futebol”, garantiu Sabino dos Santos, para depois dizer que para breve a federação encontrará uma solução para o problema, que envolve os clubes de Vitória Futebol Clube de Reboque, Aliança de Nacional Pantufo, Cruz Vermelha de Almeirim, Bairros Unidos de Caixão Grande e Andorinha Futebol Clud de Ponta Mina.

Mas situando-se no centro da polémica, João Costa Alegre, disse que os dirigentes dos clubes despromovidos a segunda divisão recorreram ao comité olímpico para que este órgão mediasse o conflito entre esses clubes e a federação que já se arrasta há mais de um ano no.

Recordou que enquanto presidente do COSTP e amigo pessoal de Manuel Dênde, ajudou-lhe a vencer a última eleição para o cargo de presidente da federação são-tomense de futebol.

Recorde-se que foi na base desta polémica que o antigo presidente do conselho de disciplina da Federação São-tomense de Futebol, Ernesto Silva bateu com a porta, tendo sido nomeado para o seu lugar há cerca de 7 meses, o jurista José Carlos Barreiro.

Suahills Dendê PRAVDA.Ru

 
3249
Loading. Please wait...

Fotos popular