Pravda.ru

Notícias » São Tomé


A CRISE SÃO-TOMENSE ESTÁ PARA DURAR

20.10.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Para Carlos Neves, “os delitos de opinião elegem a essência dos regimes totalitários e não podem existir em estados de matriz democrática”.

Essas declarações surgem como reacção do presidente da república Fradique de Menezes as opiniões do professor Bacelar Gouveia sobre a constituição são-tomense. Há cerca de uma semana o presidente da república Fradique de Menezes e o seu assessor jurídico reagiram mal as opiniões do professor Bacelar Gouveia relativamente a constituição.

Bacelar Gouveia que se encontrava em S. Tomé a dar assessoria jurídica ao supremo tribunal de justiça no processo de implementação do tribunal constitucional, foi chamado pelo presidente da assembleia nacional interino para uma sessão de trabalho com os deputados e alguns juristas nacionais sobre os diferentes aspectos da lei fundamental são-tomense.

Carlos Neves que falava na abertura da oitava sessão legislativa da sétima legislatura disse que a maneira como o presidente da republica tratou, em conferencia de imprensa, o professor Bacelar Gouveia foi “indecorosa e indigna, usando expressões já fora de moda e totalmente desenquadradas da era tecnológica em que vivemos”.Sublinha que nenhum país do mundo se desenvolve sem que haja a possibilidade de se debaterem livremente as ideias e sem que se permita o fluxo de conhecimentos. A era do obscurantismo já fez a sua história”.

Ainda para Carlos Neves, “é séria, muito séria” que na conferência de imprensa o chefe de estado “se tenha tentado atrapalhar a opinião pública, fazendo passar a ideia de que um jurista português se veio imiscuir nos assuntos internos de S. Tomé e Príncipe”.

Mas esta quarta feira num comunicado de imprensa do gabinete do presidente da republica, Fradique de Menezes lembra que o professor Bacelar Gouveia encontrava-se em S. Tomé no quadro de um contrato de trabalho fora do contexto da cooperação bilateral entre S. Tomé e Príncipe e Portugal e emitiu uma opinião pessoal que a si próprio vinculava, pelo que foi um despropósito a reacção do presidente interino da assembleia nacional.

A nota de imprensa da presidência da republica teve, entretanto, como principal alvo, o MLSTP/PSD e particularmente o seu líder parlamentar Jorge Amado.

Suahills Dendê PRAVDA.Ru SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

 
2363
Loading. Please wait...

Fotos popular