Pravda.ru

Notícias » São Tomé


Ambrósio Quaresma sai em Liberdade

15.12.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O director do jornal “ O PARVO” e presidente do sindicato dos jornalistas são-tomenses, foi esta terça-feira absolvido pelo tribunal, na sequência de um processo-crime de abuso de liberdade de imprensa movido contra a sua pessoa pelo governo através do ministro da Defesa e Ordem interna e o comandante da polícia nacional.

Em causa está o artigo publicado por Ambrósio Quaresma, numa das edições do “PARVO” intitulado POLÍCIAS ÉBRIOS FEITOS VOCALISTAS”.

Durante o julgamento que durou cerca de quatro horas a delegada do ministério público decidiu retirar a acusação contra Ambrósio Quaresma considerando que o artigo publicado pelo jornalista não põe em causa a honra, a credibilidade nem o prestígio da polícia nacional enquanto instituição.

Ambrósio Quaresma era acusado de crime de abuso de liberdade de imprensa no âmbito de uma queixa introduzida pelo ministro da defesa e ordem interna, Óscar Sousa e pelo comandante geral da polícia nacional, Armando Correia a propósito de um artigo publicado pelo jornalista intitulado “POLÍCIAS ÉBRIOS FEITOS VOCALISTAS”.

O Juiz Alberto Monteiro concluiu que não ficou provado em tribunal a intenção do réu em difamar ou injuriar os agentes do comando da polícia nacional, mas sim de alertar para certos males que afectam o funcionamento desta instituição.

Por isso, Alberto Monteiro mandou em paz o jornalista Ambrósio Quaresma.

Suahills Dendê Pravda.ru STP

 
1501
Loading. Please wait...

Fotos popular