Pravda.ru

Notícias » Portugal


FC Porto 2 SL Benfica 0

21.09.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

51 anos após a inauguração do Estádio das Antas, com um FC Porto v. SL Benfica, se jogou o último encontro entre estes clássicos neste estádio. O Futebol Clube do Porto se revelou mais uma vez uma excelente equipa de futebol, dominando por completo o jogo, embora o SL Benfica conseguiu dar luta. Grande exemplo da qualidade do futebol português.

As equipas alinharam

FC Porto Vítor Baía; Paulo Ferreira, Jorge Costa, Ricardo Carvalho e Nuno Valente; Ricardo Fernandes, Costinha, Deco e Maniche; Jankauskas e Derlei

SL Benfica Moreira; Miguel, Argel, Luisão e Ricardo Rocha; Petit e Tiago; Zahovic, Simão, Sokota e Féher

Depois dum livre perigoso de Deco no primeiro minuto, virado para canto por Moreira, ambas as equipas começaram a testar o terreno, e só aos 12’ Baia foi posto à prova, estando atento após tentativa de pontapé de bicicleta de Argel.

Aos 16’, foi a vez de Moreira de sentir o perigo a rondar a sua baliza, Ricardo Fernandes atirando fora e um minuto mais tarde, Costinha encontrou o cruzamento de Deco com o peito do pé e falhou por centímetros.

Com o jogo a fluir de um lado do campo para outro, FC Porto voltou a assustar Moreira aos 22’, Maniche rematando à figura do guarda-redes. Excelente jogo de futebol.

Foi o Derlei aos 30’ do jogo a inaugurar o marcador e após este golo, FC Porto tomou conta do jogo até ao apito. Derlei, voraz na área, aproveitou um erro de Miguel que tentou atrasar para o Moreira, após cruzamento de Maniche.

Nove minutos mais tarde, o jogador brasileiro voltou a fustigar a área benfiquista, mas rematou por cima com a cabeça.

Primeira parte: 1-0

Na segunda parte, o futebol de qualidade se revelou desde o pontapé de saída até que aos 52’, Ricardo Fernandes obrigou Argel a marcar um auto-golo, o segundo golo do FC Porto após erro grave de Luisão.

No entanto, aos 60’, Sokota mostrou que o Benfica ainda estava viva. Com Baía batido, atirou a bola contra a trave.

Com o Benfica a concentrar-se no contra-ataque, por vezes criando sérios problemas aos defesas do FC Porto, Ricardo Rocha foi expulso aos 78’. Com o FC Porto a pressionar e o SL Benfica a defender, nenhuma das equipas foi capaz de alterar o resultado até ao final do jogo.

A equipa do Benfica jogou de maneira muito organizada e coesa. Com os nervos à flor da pele, num estádio repleto de adeptos, os erros falaram mais alto e FC Porto tem uma acutilância que não os perdoa.

O FC Porto apresenta-se como uma equipa com grandes capacidades de flexibilidade de estratégia, com um jogo inteligente, habilmente gerido pelo mestre José Mourinho. Assume o primeiro lugar na classificação por mérito próprio.

Outros resultados:

Marítimo-Braga 1-1 Boavista-Académica 0-0 Moreirense-Sporting 1-0 Nacional-Leiria 0-2 Gil Vicente-Amadora 5-1 Beira Mar-Paços de Ferreira 4-1 Alverca-Rio Ave 1-0

Classificação:

Clube, pontos * menos um jogo

1. FC Porto 13 2. Marítimo 13 3. SC Braga 10 4. Moreirense 9 5. SC Portugal 9 6. Boavista FC 9 7. Beira Mar 7 8. Alverca 7 9. Gil Vicente 7 10. Académica* 7 11. Nacional 6 12. Belenenses* 5 13. Benfica* 5 14. U. Leiria 4 15. V. Guimarães* 3 16. Paços de Ferreira 3 17. Rio Ave 2 18. Estrela da Amadora 1

João CAMPOS PRAVDA.Ru PORTO PORTUGAL

 
3548
Loading. Please wait...

Fotos popular