Pravda.ru

Notícias » Portugal


PCP apela para mais votos Para Mudar a Sério

20.01.2005 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O Partido Comunista Português lança seu manifesto político para as eleições legislativas de 2005 com um ataque contra as políticas de direita seguidas não só pela coligação PSD/PP mas também pelo Partido Socialista, cujo apelo para a maioria absoluta não é mais que um depósito de mais votos na direita e não na esquerda.

Referindo o “avanço do imperialismo em vários pontos do globo, com “o recurso crescente à força e à ocupação militares” numa escala internacional, o PCP ataca a União Europeia pelas suas políticas neoliberais e monetaristas, afirmando que este enquadramento tem de ser considerado quando se considera o desenvolvimento das políticas a nível nacional.

Em Portugal, o PCP acredita que nas próximas eleições em 20 de Fevereiro, “está aberta uma oportunidade para os portugueses se pronunciarem por uma política diferente, por uma mudança a sério que rompa com um longo ciclo de vinte e oito anos de políticas de direita prosseguidas pelos sucessivos governos do PS, PSD e CDS-PP, que tem sido a causa das principais dificuldades do povo e do país”.

Criticando a “violenta ofensiva” contra os direitos dos trabalhadores e os “cortes orçamentais cegos” o PCP aponta o dedo contra o governo da coligação PSD/PP pelo substancial aumento em desemprego, “flagelo que atinge hoje mais de meio milhão de trabalhadores”.

Para o PCP, este governo de direita alienou bens do estado fundamentais para o bom funcionamento da economia portuguesa e acusou que no processo de alienação, foram beneficiados grupos de particulares, muitas vezes controlados por capital estrangeiro.

Quantos aos direitos dos trabalhadores, sejam portugueses ou imigrantes, “aumentou a precariedade, a exploração, o trabalho ilegal, sem direitos ou com direitos fortemente cerceados, quer em relação a trabalhadores nacionais, quer, de forma agravada pela situação de ilegalidade a que os sujeita na generalidade dos casos a restritiva legislação de legalização, os trabalhadores imigrantes”.

Só com um voto forte e útil na Esquerda verdadeira, considera o Partido Comunista Português, é que se pode alterar de raiz os males que atacam a sociedade e economia portuguesa, que fazem com que o desenvolvimento do país seja comprometida de forma crónica.

Para Mudar a Sério, mais votos no Partido Comunista Português por votar na CDU (Coligação Democrática Unitária, PCP mais os Verdes).

Cristina GARCIA PRAVDA.Ru COIMBRA

 
2514
Loading. Please wait...

Fotos popular