Pravda.ru

Notícias » Portugal


Requiem pelas vítimas do fascismo em Portugal

18.11.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Universidade de Lisboa Gabinete de Actividades Culturais

T: 21 793 25 79 | 21 011 34 06 | 21 796 76 24 (geral Reitoria) | isabelmbruxo@reitoria.ul.pt

Requiem pelas vítimas do fascismo em Portugal de Fernando Lopes Graça

Aula Magna da Reitoria da Universidade de Lisboa

27 | Novembro | 21h30 e 28 | Novembro | 19 horas

26 | Novembro | Europarque | 22 horas

Interpretação:

Coro de Câmara da Universidade de Lisboa | Coro da Universidade de Lisboa

Coral de Letras da Universidade do Porto | Orquestra Nacional do Porto

Ana Paula Russo, soprano | Liliane Bizineche, mezzo-soprano

Rui Taveira, tenor | Armando Possante, barítono | João Miranda, baixo

Direcção: Maestro Marc Tardue

1ª parte: Sinfonia nº 8, de Franz Schubert,

Orquestra Nacional do Porto | Direcção do Maestro Marc Tardue

A Universidade de Lisboa apresentará a obra Requiem pelas vítimas do fascismo em Portugal, de Fernando Lopes-Graça, com direcção do Maestro Marc Tardue, nos próximos dias 27 e 28 de Novembro, na Aula Magna da Reitoria da Universidade de Lisboa. A obra será interpretada pelo Coro de Câmara da Universidade de Lisboa, pelo Coro da Universidade de Lisboa, pela Orquestra Nacional do Porto, pelo Coral de Letras da Universidade do Porto e por Ana Paula Russo (soprano), Liliane Bizineche (mezzo-soprano), Rui Taveira (tenor), Armando Possante (barítono) e João Miranda (baixo).

A obra será também apresentada no Europarque (Santa-Maria da Feira), dia 26 de Novembro, às 22 horas.

O Requiem pelas vítimas do fascismo em Portugal resultou de uma encomenda da Secretaria de Estado da Cultura, em 1977, quando se acabava de festejar o 70º aniversário de Fernando Lopes-Graça, e, para além de ser considerada uma obra emblemática no panorama musical do séc. XX, é também, e citando o musicólogo João de Feitas Branco, fruto de um homem com “um estilo e linguagem musicais consanguíneos das ideias (...), de alguém que jamais tem podido entender a criação artística à margem ou acima de uma ética participante, profundamente humanista (....). Tais significados, quanto mais eles forem apreendidos pelo público e a crítica de diferentes credos e ideologias, mais hão-de contribuir para que o Requiem de Fernando Lopes-Graça por todos seja admirado ou respeitado como culminância da obra do compositor e da música portuguesa actual.”

A primeira apresentação nacional desta obra ocorreu, precisamente, na Aula Magna da Reitoria da Universidade de Lisboa, a 27 de Julho de 1981, num concerto integrado VII Festival de Música da Costa do Estoril.

Bilhetes: 15€ (1ª plateia), 10€ (2ª plateia), à venda na Reitoria da UL (só para dia 26) e na FNAC (para dias 27 e 28 de Novembro)

Descontos: Cartão Jovem, Cartão de Estudante, + de 65 anos (preço: 8€ , 12.50€)

Reservas: Reitoria- Gabinete de Actividades Culturais, 21 793 25 79 | 21 011 34 85

Para mais informações contactar:

Coro de Câmara da U L: Patrícia Sá – 96 914 62 73/ Sandra Martins 91 769 69 65

Reitoria- Gabinete de Actividades Culturais, 21 793 25 79 | 21 011 34 85

 
3421
Loading. Please wait...

Fotos popular