Pravda.ru

Notícias » Portugal


Portugal tenta resolver o seu maior problema: fogos florestais

14.09.2006 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Portugal tenta resolver o seu maior problema: fogos florestais

Dois investigadores da Universidade do Minho (UM) foram galardoados com o prémio «IBM Shared University Research Award» de 2005 pelo projecto «Plataforma Nacional para a Gestão de Fogos Florestais em Tempo-Real», comunicou O Primeiro de Janeiro. A cerimónia de entrega do prémio vai realizar-se amanhã, na Reitoria da Universidade do Minho.

Segundo Manuel Mota, vice-reitor da UM, os investigadores do Departamento de Informática, Alberto Proença e Jorge Rocha visam, com este projecto, “não só identificar, em tempo real, zonas de alto risco em caso de deflagração de incêndios, como também ajudar a combater os fogos que estejam em progressão no terreno”. “A solução assume especial relevância no cenário nacional, já que Portugal apresenta uma das maiores áreas de floresta ardida do Sul da Europa “, sublinha, salientando que “o objectivo passa por criar uma plataforma aberta baseada em tecnologias de partilha de dados geográficos”. A iniciativa, que foi desenvolvida no âmbito do programa “Equinox” para “Linux” da “IBM”, irá, agora, ser desenvolvida em parceria com diversos organismos, em particular com a “Open Geospatial Consortium” (OGC), uma organização voluntária internacional que implementa “standards” para conteúdos e serviços geoespaciais.

A Reitoria acrescentou que “a Plataforma de Gestão de Fogos Florestais usa informação geográfica residente numa gama de bases de dados e serviços Web referentes ao local do incêndio”. A Plataforma recolhe ainda “dados relevantes, estáticos ou dinâmicos, desde modelos de terreno e utilização do solo, até dados transmitidos por sensores de vento - e permitirá desenvolver, no momento, um mapa de risco geográfico”.

A Universidade do Minho continua a manter as suas relações com as universidades russas. Ontem a Moscovo chegou o professor de Relações Estrangeiras com a turma. Vão passar uma semana em Moscovo e mais uma em São Petersburgo.

 
2063
Loading. Please wait...

Fotos popular