Pravda.ru

Notícias » Portugal


Bebé de 27 meses permanece em coma em Lisboa

12.03.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Um bebé de 27 meses, está internado há mais de duas semanas no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, em estado de coma, devido a lesões severas no cérebro e no tórax, alegadamente provocadas pela mãe e pelo padrasto. Daniel foi encontrado por uma equipa do INEM na casa em Fetais, Camarate, concelho de Loures.

Na última quinta-feira, a PSP deteve a mãe e o padrasto do Daniel, por ordem de um juiz de instrução criminal, encontrando-se os dois em prisão preventiva à espera de julgamento. São suspeitos de, durante quatro longos meses, «terem agredido várias vezes o bebé, a murro e a pontapé», segundo descreve o Correio da Manhã.

Numa casa arrendada de Fetais terá tido início o calvário de Daniel, em Novembro de 2006. «Até então a mãe da criança, de 21 anos, morava com os pais. Nunca houve registo de problemas com o menino. Nesse mês a jovem saiu de casa, levou o filho e foi viver com o namorado, de 26 anos», acrescenta o jornal citando fonte policial.

Segundo Diário de Notícias a própria vizinhança tem contado aos órgãos de comunicação social nunca ter desconfiado que o menino seria maltratado pela mãe e pelo padrasto, que foram viver para Fetais em Novembro do ano passado.

No entanto, esses mesmos vizinhos dizem agora que havia um detalhe que os intrigava: o bebé chorava muito, quer fosse dia quer fosse noite. E até mesmo quando saia à rua com a mãe e o padrasto estava sempre a chorar, como adiantou uma vizinha do casal.

Helena e Teresa, vizinhas em Fetais, disseram mesmo que "o menino só não devia chorar quando dormia, de resto todo o dia a criança se queixava".

 
1666
Loading. Please wait...

Fotos popular