Pravda.ru

Notícias » Portugal


Primeiros interrogados no âmbito do caso Madeleine

11.05.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Esta sexta–feira (11) duas mulheres e um homem de nacionalidade estrangeira foram interrogados nas instalações da PJ de Portimão, no âmbito do caso Madeleine, informa Portugal Diário. Uma fonte da Judiciária escusou-se a referir se foram interrogados na qualidade de suspeitos.

A mesma fonte referiu ainda que ontem a Judiciária «só interrogou familiares e amigos da criança» e frisou que nenhum deles é suspeito ou arguido neste caso. As longas horas de interrogatório foram justificadas com a necessidade de traduzir as perguntas e as respostas, já que os casais interrogados são estrangeiros.

Os pais da pequena Madeleine mantêm-se «optimistas» em relação ao aparecimento da menina. Num comunicado lido pelo pai informa-se que ontem puderam ver «em primeira mão, o trabalho que a polícia tem feito no processo de Madeleine e o seu forte desejo em encontrá-la».

As buscas da GNR no terreno terminaram esta sexta-feira à meia-noite, mantendo-se o posto móvel junto ao apartamento «enquanto por preciso», segundo uma fonte ligada à investigação.

As equipas cinotécnicas vão manter-se em actividade, assim como dez homens da GNR para buscas específicas. Ao longo de uma semana, mais de 150 homens bateram diariamente por diversas vezes uma área de 200 quilómetros quadrados. Madeleine MacCann completa este sábado quatro anos de vida.

Entretanto um empresário escocês ofereceu uma recompensa de 1,4 milhões de euros por informações que possam levar ao paradeiro da pequena Madeleine MacCann desaparecida na Praia da Luz, Lagos, há mais de uma semana.

A notícia avançada hoje pelo diário britânico «Times» dá conta que Stephen Winyard, dono do ginásio Stobo Castle, em Peebleshire, na Escócia, decidiu oferecer aquela soma em dinheiro depois de ter tido conhecimento do caso pela imprensa e de ver o sofrimento dos pais da menina, que faz quatro anos no sábado. Segundo o jornal, a proposta já foi comunicada à família McCann em Portugal.

Os 1,4 milhões de euros oferecidos pelo empresário escocês juntam-se aos 170 mil euros já oferecidos anteriormente por diferentes pessoas.

 
2208
Loading. Please wait...

Fotos popular