Pravda.ru

Notícias » Portugal


JORGE SAMPAIO: RELAÇÕES ENTRE A RÚSSIA E PORTUGAL SÃO EXCELENTES

09.06.2004 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

Claro que a primeira pergunta foi sobre o Campeonato propriamente dito.

No dizer de Jorge Sampaio, será um óptimo campeonato, que contribuirá para a aproximação dos povos da Europa, pois o futebol não é uma guerra, é uma festa. Portugal fez o melhor que pôde para a organização do campeonato, construindo para o efeito 10 novos estádios.

O Presidente de Portugal tem esperança de que a selecção portuguesa venha a ficar o mais perto possível do topo do pedestal, enquanto como anfitrião terá todo o prazer de acolher as selecções estrangeiras, incluindo a russa, e os fãs que irão apoiar os seus jogadores.

É muito bom que Portugal e a Rússia figurem no mesmo subgrupo e joguem no início do campeonato, o que vai garantir uma boa partida. Claro que afinal de contas alguém tem que ganhar. Jorge Sampaio gostaria que ganhasse aquela selecção que consiga convencer do seu talento o maior número de adeptos.

Do desporto a entrevista passou suavemente para a política. Dentro em breve assinalam-se 30 anos do restabelecimento de relações diplomáticas entre a Rússia e Portugal, as quais contam no total com mais de 200 anos. Ao avaliar o estado actual das mesmas, Jorge Sampaio assinalou que elas "são excelentes do ponto de vista político e cultural". Os portugueses têm grande interesse pela cultura russa, incluindo a literatura e a música. No que se refere às relações financeiras, industriais e comerciais ainda há muito a fazer.

Sem dúvida, para Portugal é vantajoso o diálogo entre a União Europeia e a Rússia, porque Portugal é membro da UE. O mesmo se pode dizer sobre o diálogo entre a NATO e a Rússia.

Jorge Sampaio disse que actualmente há muitos russos radicados em Portugal. "Estamos muito satisfeitos pelo facto de tantos russos estarem em Portugal. Trata-se de mão de obra qualificada, o que é mais um motivo para o reforço das nossas relações".

Ao referir-se aos problemas da imigração em Portugal, onde 1 em cada 10 pessoas é estrangeira, o Presidente disse que os portugueses têm uma atitude positiva em relação aos imigrantes. No que se refere à sua posição pessoal ele sempre lutou contra a xenofobia e as tentativas de explorar os imigrantes". Em Lisboa há romenos, russos, moldavos, ucranianos, sendo a imigração indispensável para o desenvolvimento económico de Portugal, mas ao mesmo tempo são necessários também os respectivos acordos com os países de proveniência, constatou Jorge Sampaio.

© RIAN

 
2538
Loading. Please wait...

Fotos popular