Pravda.ru

Notícias » Portugal


“UM ESTALO NA MODORRA”

07.12.2003 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

A Editorial Palavra em Mutação lançou, Sexta-feira, dia 5 de Dezembro, às 22H na Livraria Ler Devagar. Com a presença do autor e participações especiais de José António Afonso (prefaciador da obra), Sara Évora Ferreira e J. C. Jerónimo (intervenção poética »PIM!).

“NATAL – USA 3

Estava a ver este Natal vestido de toys r us um Natal carnavalesco ou fosse lá o que fosse

Estava a ver este Natal sem um só riso infantil feito comércio burlesco aferrado a notas mil

Um comércio natalício onde até se vende a calma um Natal cheio de vício morto que não teve palma

pois estava estava a ver este Natal...”

F.M.

O autor: Fernando Morais, natural de Vila Nova de Gaia, publicou em 1963 “A Cidade Adversa”, caderno de poemas; colaborou em vários jornais portugueses com poemas e críticas de cinema. Perseguido pelo regime de Salazar, refugia-se em Paris, em Maio de 1968. Em 1983 publica “A Cidade Ocupada pela Poesia” e “O Poeta Escondido”. De entre outras edições destacam-se ainda “Voltar a Gaia” (2000), “As Ruas da Comuna” (2002). Colabora actualmente com as revistas “Poiètike”, do Brasil, e “Sol XXI”, bem como com a revista literária “Palavra em Mutação”.

“Meus Amigos Leitores:

A Poesia é a tranformação de alguns homens vulgares em seres de amor e aperfeiçoamento constante – os poetas.

(...) A Poesia é ainda a maneira de ser dos poetas de todas as raças e credos, da Física, da Química, da Filosofia e da Música, é a invenção dos Deuses e dos Diabos, a sustentação da Natureza, a Gioconda de todos nós e a Guernica de cada um.

(...) Marquemos um novo encontro com a Poesia, todos juntos, para daqui a mil anos. A sério!”

(in op. cit.)

 
1801
Loading. Please wait...

Fotos popular